Análise de Preço

Pintor de fachada

Pintar a fachada de uma casa ou de um prédio, seja residencial ou comercial, é uma das etapas mais importantes de uma obra ou reforma. Além de fazer parte do acabamento e imprimir muito da personalidade do proprietário ao imóvel, a pintura de fachada é uma etapa cara de um projeto, pois necessita de bastante material de qualidade e resistente, além de um profissional qualificado. Saber escolher o pintor da fachada é fundamental, pois esse será o profissional responsável por dar identidade ao seu projeto e garantir que ele fique com um acabamento impecável. Além disso, ele deverá tomar todos os cuidados necessários para que a pintura seja duradoura e para que a tinta e demais materiais necessários para o serviço sejam bem aproveitados, sem desperdício. Por isso, antes de contratar um profissional para pintar seu imóvel, procure buscar referências sobre o pintor de fachada, bem como expor todo o seu projeto na hora de pedir um orçamento. Esse ponto será importante tanto para calcular a quantidade de tinta necessária quanto para fechar o preço do profissional.

Quanto custa pintor de fachada

Como mencionado, é importante acionar um pintor de fachada e pedir um orçamento com todos os detalhes de seu projeto em mãos. Isso porque a precificação desse tipo de serviço costuma ser feita com base em metro quadrados. Ou seja, quanto maior a área a ser pintada, maior será o valor da mão de obra. Por outro lado, isso também garante trabalhar com base em um preço fixo acordado previamente, além de mais agilidade na entrega, itens que não seriam possíveis em caso de cobrança por hora trabalhada. O preço médio cobrado por um pintor de fachada é de R$ 459 por metro quadrado, mas vale pesquisar bastante, pois alguns profissionais, dependendo da complexidade do trabalho, podem cobrar até R$ 1 mil o metro quadrado e outros, apenas R$ 100 nos casos mais simples. O custo de um serviço de pintura de fachada varia bastante por alguns motivos, e entre eles está a complexidade do trabalho. Pintar a fachada de uma casa térrea, por exemplo, tende a custar menos do que a pintura de um prédio alto, devido à necessidade de equipamentos especiais de segurança, além de andaimes. Ainda sobre o tamanho da obra a ser pintada, ela influencia diretamente na quantidade de profissionais necessários na equipe que irá realizar o projeto, o que terá influência, naturalmente, no valor final do trabalho. Outra variável é o tipo de tinta escolhida pelo cliente. Para casos de paredes texturizadas, com tintas próprias para pinturas artísticas, o valor da mão de obra pode ser maior, pois muitas dessas técnicas requerem um preparo especial da superfície que irá ser pintada.

Como negociar com pintor de fachada

Existem muitas formas de negociar o pagamento do pintor de fachada. Por se tratar de um trabalho detalhista e, portanto, demorado, que demanda semanas e até meses de dedicação, é importante que o contratante tenha uma parte do dinheiro em mãos para ser dado como entrada. Muitos profissionais aceitam parcelar o trabalho em mais de duas vezes - que seria metade no início e metade na entrega do projeto - e ir recebendo conforme as entregas forem sendo feitas. Nesse caso, é preciso fazer um planejamento conjunto das etapas, previsão de entrega e custo de cada uma delas. Esse tipo de negociação é justa para obras maiores, em que o profissional e sua equipe estarão dedicados ao projeto por mais de um mês. É possível também negociar uma entrada menor e o montante maior para o final do projeto. Esse tipo de acordo costuma acontecer para ajudar o proprietário do imóvel a diluir as despesas, especialmente no primeiro momento, que é quando os materiais necessários para a pintura são comprados e de onde vem um gasto significativo. De um modo geral, os profissionais aceitam receber em dinheiro, cheque ou via depósito bancário. Muitos também já possuem maquininha de cartão de débito e crédito, basta solicitar e deixar estabelecido no contrato a forma de pagamento que será utilizada. Independentemente da forma acertada para o acerto do serviço, é importante que o contratante só finalize o pagamento quando a obra também estiver encerrada. Mas o contrário, caso acertado em negociação prévia, também poderá acontecer: muitos profissionais aceitam parcelar em várias vezes, estendendo a dívida do contratante após o término do trabalho.

Custos de Serviços