Análise de Preço

Conheça os tipos de janela mais utilizados, os melhores materiais para janela, os tipos de vidro para janela e muito mais!

Seja uma janela de alumínio, uma janela de vidro, uma janela de ferro com vidro ou qualquer outra configuração e material existente, é inegável que as janelas são quase que onipresentes em todos os projetos residenciais, comerciais e industriais, seja de construção ou reforma.

Além da instalação de janelas, a substituição de janelas é outro serviço com alta procura, seja para trocar a janela atual por uma nova ou para posicioná-la em outro lugar, de modo a aproveitar melhor a luz e a ventilação natural.

Porém, quando essa necessidade aparece, fica difícil escolher o tipo certo entre tantos disponíveis, como janela basculante e janela de correr, além dos melhores materiais entre janela de vidro temperado, janela alumínio branco, janela de vidro fumê e por aí vai.

Se você deseja tirar suas dúvidas sobre janelas, saiba que acabou de vir ao lugar certo, pois trouxemos uma série de informações indispensáveis para ajudar em sua escolha. Continue conosco!

Quais são os preços para instalar janelas?

Depende muito do tipo de janela que você procura, o que varia de acordo com uma série de fatores, especialmente o material da estrutura da janela, o tipo de vidro e o tipo de abertura.

Mesmo com tanta variedade, existe um cálculo aproximado que pode te ajudar a saber quanto custará a instalação de janelas ou a substituição de janelas.

De acordo com ele, o tipo de material da janela corresponde a 80% de seu valor, enquanto o tipo de vidro é responsável por 15% do valor e o tipo de abertura por 5% do valor total.

Além disso, é preciso considerar o valor da mão de obra do instalador e o número de janelas que serão substituídas, tendo em vista que pode haver algum tipo de negociação quando o serviço é maior.

Seguindo este exemplo, em uma janela de R$ 1.600, poderíamos dizer que R$ 1.280 (80%) são equivalentes à estrutura da janela, R$ 240 (15%) ao tipo de vidro e R$ 80 (5%) à abertura, lembrando que esses são valores aproximados e que podem variar.

Para uma ideia ainda mais aproximada, separamos alguns tipos comuns de janelas com médias de preços. Veja só:

  • Janela de abrir de cedro 1,00 m x 1,20 m: R$ 950
  • Janela de abrir de eucalipto 1,00 m x 1,20 m: R$ 485
  • Janela de correr de alumínio pintado 1,00 m x 1,20 m: R$ 590
  • Janela de correr de alumínio pintado 1,40 m x 1,50 m: R$ 1.925
  • Janela de correr de aço cru com grade sem vidro 1,00 m x 1,50 m: R$ 330
  • Janela de correr de aço pintado 1,00 m x 2,00 m: R$ 1.200
  • Janela de correr de cedro 1,10 m x 1,60 m: R$ 1.100
  • Janela de correr de cedro 1,10 m x 2,00 m: R$ 1.360
  • Janela de correr de eucalipto 1,00 m x 1,20 m sem vidro: R$ 370
  • Janela de correr de PVC 1,00 m x 2,00 m: R$ 1.800
  • Janela de correr de PVC 1,00 m x 1,50 m: R$ 2.400
  • Janela de correr de PVC com persiana integrada manual 1,20 m x 1,20 m: R$ 2.940
  • Janela pivotante de eucalipto 1,00 m x 0,45 m sem vidro: R$ 215
  • Vitrô de correr de alumínio branco 2 folhas com grade total 1,00 m x 1,20 m: R$ 440
  • Vitrô de correr de alumínio brilhante 4 folhas com grade total e bandeira 1,00 m x 1,50 m: R$ 570

Cabe ressaltar que os preços são aproximados e correspondentes apenas às janelas, sendo que algumas são vendidas com o vidro e outras sem. Além disso, o serviço de instalação de janelas é cobrado separadamente, com preços que variam de acordo com cada profissional.

Quanto custa o serviço de instalação de janelas?

Depende do tipo de janela, de seu tamanho e até das condições do local em que ela será instalada. Algumas médias de preços por janela, que podem te ajudar em seu planejamento, são as seguintes:

  • Instalação de janela de abrir de madeira 1,00 m x 1,20 m: R$ 900
  • Instalação de janela de correr de madeira 1,00 m x 1,20 m: R$ 650
  • Instalação de janela de correr de alumínio 1,00 m x 1,00 m: R$ 350
  • Instalação de janela de correr de PVC 0,80 m x 0,60 m: R$ 450

Outra estimativa, interessante para quem deseja ter uma ideia em relação ao tamanho exato de sua janela, pode ser feita por m². Podemos adotar a seguinte média:

  • Instalação de janela de alumínio: de R$ 70 a R$ 300/m²
  • Instalação de janela de madeira (cedro, eucalipto, pinus e outras): de R$ 200 a R$ 400
  • Instalação de janela de PVC: de R$ 250 a R$ 500/m²

Os valores podem variar significativamente, mas já ajudam a ter uma ideia de quanto custa a instalação de janelas, o que é um verdadeiro investimento, tanto pela entrada de luz e ventilação natural quanto pela própria beleza que o ambiente adquire.

Quais são os principais materiais de janelas?

Alguns materiais são mais comuns em nosso cotidiano, enquanto outros são até desconhecidos de boa parte das pessoas. Saber quais são eles, porém, é uma ótima alternativa para que você consiga encontrar o ideal para a aplicação desejada.

Embora seja difícil destacar qual é o melhor tipo de janela, o PVC tem um conjunto bem interessante de vantagens, embora tenha um preço mais elevado. Porém, seja para instalação ou substituição de janelas, o ideal é que a escolha ocorra em conjunto com um profissional especializado.

Os principais materiais de janelas são os seguintes:

Janela de aço

Como o aço é um material rígido e bem robusto, ele oferece esquadrias seguras e com elevada resistência mecânica quando comparados a outros nas mesmas condições.

Janela de alumínio

Versáteis, leves e práticas, as janelas de alumínio oferecem alta durabilidade, são sustentáveis, econômicas e ainda resultam em um bom isolamento térmico e acústico.

Janela de ferro

Bem tradicionais, a qualidade depende muito da procedência do produto. Embora costumem exigir maior manutenção, como pintura e eventuais repinturas, podem durar bem quando são fabricadas por empresas que prezam pela excelência.

Janela de madeira

Também duráveis, as janelas de madeira são bastante resistentes, além de terem uma beleza e sofisticação diferenciadas, graças à possibilidade de fazer entalhes no material.

Janela de PVC

Tecnicamente de policloreto de vinila, mas também chamadas de janelas de plástico, elas possuem boa qualidade, durabilidade, estanqueidade, resistência a variações climáticas e raios UV, resistência a cupins, são fáceis de limpar e proporcionam um bom isolamento térmico e acústico.

Por isso, as janelas de PVC apresentam um ótimo custo-benefício, embora costumem ser mais caras que as demais.

Quais são os tipos de janelas?

A variedade é muito grande, bem maior do que costumamos pensar em um primeiro momento, o que é ótimo para quem deseja encontrar algo diferente e especial para combinar com qualquer ambiente residencial, comercial ou industrial. Confira os principais tipos:

Janela basculante

Um dos tipos mais comuns, a abertura da janela basculante é simples por um mecanismo horizontal. A abertura das básculas (cada parte que se abre) pode ser feita com a regulagem desejada, o que permite que se escolha a melhor possível para cada momento do dia ou da noite.

Janela de correr

Com deslizamento horizontal, a janela de correr é simples, prática e não ocupa tanto espaço. Ela possui, no mínimo, duas folhas e garante uma ventilação adequada, mas que não é total, já que as folhas de vidro não permitem a passagem do vento.

Janela fixa

As janelas fixas são perfeitas para aplicações em que se deseja maximizar a ventilação natural, mas não se quer a ventilação natural. Proporcionam um visual bem bonito.

Janela guilhotina

Geralmente encontrada em casas antigas, a parte de cima é fixa, enquanto a de baixo corre na vertical, lembrando o funcionamento de uma guilhotina propriamente dita.

Janela Maxim Air

A janela Maxim Air é parecida com a basculante, mas a diferença é de que a abertura se dá para fora. Proporciona bons resultados em termos de ventilação e iluminação natural.

Janela pantográfica (ou sanfonada)

O primeiro nome é complicado, mas o segundo é mais simples. As janelas pantográficas dobram suas folhas como em uma sanfona, o que as torna indicadas para ambientes espaçosos, já que é preciso ter espaço para sua abertura.

Janela pivotante

As janelas pivotantes são fixas no centro, tanto na parte inferior quanto na superior, e é possível regular manualmente quanto elas serão abertas. Podem ser usadas em vários ambientes, especialmente salas de estar, cozinhas e banheiros.

Janela tombar

As janelas tombar são muito parecidas com as Maxim Air, com a diferença de que abrem para dentro. Quando abertas, realmente parece que elas irão tombar, o que explica seu nome.

Janela veneziana

A janela veneziana geralmente tem 4 ou 6 folhas, sendo que as internas são de vidro, o que possibilita a iluminação natural. A ventilação, porém, não é um de seus pontos fortes, pois é apenas pelas aberturas das folhas externas que o vento passa, exceto quando as folhas estão abertas.

Quais são os tipos de vidro para janela?

Se os tipos de janela já te surpreenderam, os tipos de vidro para janela devem ser uma surpresa ainda maior, pois a variedade aqui é ainda maior. Veja só quais são alguns deles, acompanhados de possíveis aplicações:

Vidro acidado

Recebe este nome pelo fato de que seu processo de fabricação envolve o contato com ácidos. Com leve opacidade, ele pode assumir várias cores. É indicado para divisórias, mobiliários e portas internas.

Vidro antirreflexo

Com cinco vezes menos reflexo que o vidro convencional, é a pedida certa para cristaleiras, vitrines e quadros, aplicações em que os reflexos não são bem-vindos.

Vidro antivandalismo

Tem como principal vantagem a dificuldade de ser quebrado, mesmo com impactos intensos. É bom para ser aplicado em portas e janelas, especialmente de locais em que haja itens de valor, por exemplo.

Vidro aramado

O destaque do vidro aramado é a rede metálica de malha quadriculada que aparece em seu interior, a qual é posicionada ainda no processo de fabricação. Além disso, ele também é translúcido e fica com uma textura diferenciada.

É indicado para locais que precisem de maior segurança, como janelas e portas em locais de grande movimentação de pessoas.

Vidro blindado

Altamente resistente, inclusive contra projéteis, o vidro blindado é composto por camadas de vidro comum intercaladas com vidro laminado com policarbonato, polímeros e polivinilbutiral (PVB). Pode ser usado em joalherias, agências bancárias e afins.

Vidro craquelado

Com produção igual à do vidro laminado, a camada de vidro temperado interna é quebrada, com pedacinhos que ficam grudados na película plástica. Assim, ele adquire um visual bem peculiar, o que o torna bem apropriado para decoração e aplicações artísticas.

Vidro duplo

É um vidro bem versátil, já que pode combinar as características de dois tipos de vidros entre as opções dessa lista, por exemplo. Por isso, pode ser usado tanto em projetos arquitetônicos e de design de interiores quanto em aplicações decorativas.

Vidro esmaltado

Recebe este nome porque é aplicada uma camada de tinta cerâmica em seu processo produtivo. Assim, a tinta se funde à massa do vidro e, assim, não se solta com facilidade. O vidro esmaltado pode ser usado em boxes de banheiro, mesas e outras aplicações decorativas.

Vidro espelhado (ou refletivo)

Como o nome diz, sua produção vem a partir do vidro comum, mas com camadas metalizadas que refletem os raios solares para diminuir a entrada de calor no interior dos ambientes. Por isso, é indicada para a fachada de prédios comerciais, por exemplo.

Vidro float (ou comum)

É o vidro comum, composto por areia, potássio, alumina, sódio, magnésio e cálcio. Além do transparente, o vidro float também pode aparecer em diferentes colorações, como fumê ou esverdeado. É indicado para janelas pelo baixo custo, mas não para locais com alta temperatura, como boxes, pois pode quebrar.

Vidro impresso (ou fantasia)

O vidro impresso pode adquirir desenhos e texturas muito bonitos, pois logo após sua fabricação, passa por rolos metálicos bem quentes para a marcação de desenhos em relevo na superfície. Pode ser usado para dividir escritórios e ambientes comerciais, já que é bonito, mas ao mesmo tempo não tão translúcido.

Vidro insulado

É composto por duas placas de vidro, as quais são unidas por um perfil de alumínio. É ideal para quem deseja aproveitar ao máximo a entrada de luz natural ao mesmo tempo que deseja bloquear o calor.

Vidro jateado

É um tipo de vidro com aspecto áspero, pois seu processo de fabricação passa pela aplicação de pequenos grãos de areia. Assim, ele fica com desenhos e padronagens especiais e bem bonitas. Pode ser usado em janelas e portas de ambientes internos.

Vidro laminado

É um tipo de vidro bem seguro, pois é composto por duas camadas de vidro com uma película finíssima entre eles, que pode ser de PVB ou resina. Assim, quando ele quebra, os cacos ficam presos na película.

Pode ser usado em janelas amplas e varandas, além de locais em que se deseja um bom isolamento acústico, que é uma de suas características mais marcantes.

Vidro serigrafado

Como diz o nome, ele passa por um processo de serigrafia, de modo a adquirir novas cores e texturas. É bastante indicado para portas, já que o nível de transparência pode ser controlado de acordo com o tipo de serigrafia escolhido.

Vidro temperado

Por fim, temos o vidro temperado, com cinco vezes mais resistência que o comum, já que passa por um tratamento térmico adicional, o qual também faz com que ele não estilhace ao quebrar como acontece com o vidro comum.

Qual a diferença entre a janela Blindex e a janela de vidro temperado?

Essa é uma dúvida interessante, mas cuja resposta é bem simples, pois, na verdade, ambos são tecnicamente a mesma coisa.

Originalmente, a janela Blindex é uma janela de vidro temperado da marca Blindex, que pertence à Santa Lúcia. É a mesma metonímia que acontece com outros produtos, como amido de milho, hastes flexíveis e palha de aço, em que o produto passa a ser conhecido por sua marca.

Devido à tradição, pode ser que a janela Blindex seja mais cara que uma janela de vidro temperado convencional, já que a marca tem mais de 60 anos de tradição. Porém, na prática, ela é uma janela de vidro temperado “de marca”, digamos assim.

Como solicitar um orçamento para instalação de janelas ou substituição de janelas?

Depois de esclarecer várias dúvidas sobre janela de alumínio, janela de vidro, janela Blindex, janela de vidro temperado, janela basculante e por aí vai, ainda deve ter restado uma dúvida em sua mente, em relação a uma empresa ou profissional que pode atender suas demandas com excelência.

Para receber orçamentos dos melhores profissionais e empresas, preencha o formulário desta página com o máximo de informações que tiver. Então, você receberá até 4 orçamentos gratuitamente, elaborados por quem realmente entende do assunto e pode ajudá-lo com o que precisa.

Esperamos que você tenha esclarecido suas dúvidas sobre tipos de vidro para janela, substituição de janelas, instalação de janelas e outros assuntos correlatos com clareza. Muito obrigado por nos acompanhar na leitura!

Custos de Serviços

Encontre em todos os Estados