Análise de Preço

Resumo breve do serviço

Instalar a fiação elétrica é um momento crucial de uma construção. Reparar a mesma, no entanto, é ainda mais importante, pois é a manutenção que a mantém segura para o bom funcionamento da casa. Fazer a revisão da fiação elétrica mantém a segurança do imóvel. Se ela possui problemas, pode provocar acidentes como curto-circuito, choques e incêndios. A manutenção, além disso, gera economia, pois uma instalação incorreta ocasiona superaquecimento dos fios e gastos desnecessários. Caso o seu imóvel seja antigo, é preciso procurar com urgência um eletricista para que ele repare qualquer dano que possa ser sofrido ao longo dos anos. Além disso, o uso de produtos elétricos demanda que a rede tenha uma alta capacidade para suportar a carga, e algumas estruturas mais antigas não são preparadas para isso. Apesar disso, não são apenas os proprietários antigos que devem se preocupar. Especialistas indicam que a revisão deve ser feita de cinco em cinco anos, independente do tempo que foi feita pela primeira vez. Alguns sinais indicam que é chegada a hora de chamar um eletricista. Por exemplo: fios descascados, aquecimento em fios e interruptores, aumento no gasto de energia ou queda constante no abastecimento, são sinais de que algo errado está acontecendo. Um dos problemas que podem ocorrer na fiação elétrica é o curto-circuito. Os disjuntores são elementos de segurança de uma instalação. Se eles não forem colocados adequadamente e não desarmarem quando uma sobrecarga ocorrer, a corrente continuará passando e o local poderá ser danificado permanentemente, podendo até provocar incêndios. Por isso, a instalação desse dispositivo deve ser verificada por um profissional especializado. Caso o disjuntor desarmar com certa frequência, o problema pode estar não nele, necessariamente, mas na própria corrente elétrica. Esse é outro sinal de que você deve procurar um eletricista. Os fusíveis também têm uma função parecida com a dos disjuntores, mas trabalham de forma diferente. Quando há uma sobrecarga de energia, ele queima e por isso devem ser trocado imediatamente. Se esse episódio for frequente na sua casa, significa que a rede elétrica está sobrecarregada e precisa de uma manutenção. Os fios de toda e qualquer instalação elétrica devem estar em boas condições, sem danos. Com o aumento da temperatura do fio ou o cheiro de queimado vindo dele, a sobrecarga pode estar dando sinais de problema. Os fios desencapados, amassados, com corrosão ou outros tipos de danos devem ser substituídos. Os aparelhos não devem ser ligados diretamente na rede através de um fio desencapado. As tomadas também podem sofrer sobrecarga por conta do uso de adaptadores T. Por conter diversos aparelhos ligados a um mesmo ponto, a fonte de energia pode não dar conta da demanda. Substitua esses adaptadores por réguas de tomada, com fusível que impeça que os aparelhos sejam queimados.

Fatores de custo

Principais fatores O profissional, inicialmente, vai fazer uma busca avançada para detectar qual o problema da sua residência. Isso significa que ele terá um preço para cada serviço que deverá prestar e você pode negociar um pacote com tudo o que precisa. A necessidade de materiais específicos podem alterar ou não o valor. Caso algo com alto custo tenha que ser substituído, isso pode aumentar o preço final. Geralmente, o prestador de serviço possui a ferramenta necessária para realizar os reparos, mas se for preciso outro material, peça ou acessório, o cliente deverá providenciar. Entretanto, existem vários opções e variedades que podem ser exploradas e analisadas para que o seu custo seja o menor possível. Sobre o serviço Todos os produtos devem obedecer à especificação da Norma Brasileira NBR-5361 para Disjuntores de Baixa Tensão. Ela afirma que um "disjuntor é um dispositivo de manobra (mecânico) e de proteção capaz de estabelecer, conduzir e interromper correntes em condições normais do circuito, assim como estabelecer, conduzir por tempo especificado e interromper correntes em condições anormais especificadas do circuito, tais como as de sobrecarga e de curto-circuito". A norma verifica o tipo de produto danificado e, se possível, realiza a sua substituição para o mesmo tipo, podendo este ser de maior ou menor amperagem. Ao trabalhar com fiação elétrica, os profissionais podem ter que se aprofundar nas estruturas para buscar os fios e áreas que necessitam de reparos. Caso isso seja necessário, custos associados com a restauração, acabamentos ou substituição de qualquer acessório, material ou ferramenta, podem ser acrescentados ao serviço final.

Custos de Serviços