Análise de Preço

Aprenda mais sobre os ambientes planejados e descubra o preço médio de móveis planejados

Os ambientes planejados existem há um bom tempo. É possível encontrar conteúdos na internet que dizem que o primeiro armário planejado surgiu em 1950, ou seja, essa é uma prática com pelo menos 70 anos de idade. Porém, a importância desses móveis é maior a cada dia que passa.

Entre tantos motivos que corroboram para que sejam tão procurados, um dos principais é o melhor aproveitamento de espaço, algo que se torna ainda mais crítico quando analisamos a atual situação do segmento de construção civil, com apartamentos cada vez mais compactos.

De acordo com dados do Secovi-SP, 6 a cada 10 apartamentos comprados em São Paulo possuem menos de 45 m², tendência que também se observa em outras cidades e que é até natural, dado o menor espaço disponível para a construção de novas unidades e também os preços convidativos a que são comercializados.

Por isso, móveis planejados cozinha, móveis planejados quarto, móveis planejados sala e para quaisquer outros cômodos da casa estão super em alta, já que eles permitem aproveitar melhor o espaço e que cada centímetro conta, literalmente.

Continue conosco para saber mais sobre esses móveis, aprender como eles são feitos, quais são os materiais utilizados e várias outras informações importantes para o que precisa!

Quanto custam móveis planejados?

Depende das características que você deseja encontrar nos móveis. O m² geralmente fica em torno de R$ 600 a R$ 1.000 em MDF, um dos principais materiais neste segmento. Quando se opta pela madeira maciça, então o preço do m² pode ficar em torno de R$ 1.600.

Isso, porém, depende muito do tipo de móvel, de qual cômodo ele será instalado, de suas configurações (portas, prateleiras, gavetas e afins), do acabamento do material, de seu design e até da empresa responsável pelo serviço, entre outras variáveis.

É fato que eles custam mais do que os móveis tradicionais, mas, por outro lado, apresentam um aproveitamento de espaço privilegiado, além de serem construídos de acordo com as preferências do comprador.

Se você já pesquisou o preço de móveis planejados, pode ser que tenha se surpreendido com os valores, mas é preciso analisar a questão como um todo, com pontos de vista que podem jamais ter passado por sua mente.

Um dos maiores trunfos dos ambientes planejados é que eles podem ser aproveitados ao máximo, independentemente de qual seja seu tamanho ou disposição, e isso tem uma importância enorme, inclusive financeira.

Um dos principais aspectos que influenciam o preço de um imóvel é a sua área. 1 m² a mais que um apartamento tenha já faz com que o seu valor aumente alguns milhares de reais, o que pode ser analisado com maior precisão ao pesquisar o preço do m² em diferentes regiões do Brasil.

Embora pareça pouco, 1 m² realmente significa um espaço útil importante para o imóvel, seja para que o quarto do casal tenha mais espaço ou para que haja um depósito para guardar itens que não ficariam bem em nenhum outro local, por exemplo.

Quando se opta por móveis planejados para apartamento pequeno, o ambiente é aproveitado com perfeição, da quina de uma parede ao espaço que sobra embaixo de uma escada ou mesmo aos quartos compactos, ou seja, você não perde nenhuma pequena fração da sua valiosa área.

Logo, no final das contas, ainda que o preço de móveis planejados seja maior que o de móveis tradicionais, ele te ajuda a valorizar algo que tem valor ainda mais elevado, que é o tamanho da sua casa ou apartamento.

Com isso em mente, ao analisar quanto custa móveis planejados, não devemos apenas fazer uma comparação simples com os demais, mas sim entender tudo o que eles proporcionam de benéfico a todo o imóvel, que, além de tudo, se tornará ainda mais funcional e organizado.

Qual é o melhor material para móveis planejados?

Novamente, depende do que você procura e também de quanto está disposto a pagar. Há uma grande variedade de opções no mercado, que pode fazer o valor dos móveis variar significativamente.

As principais opções de material para móveis planejados são as seguintes:

Madeira maciça

A mais resistente entre todas as opções é a madeira maciça, que consiste em uma peça natural, sem aglomerados ou fibras sintéticas incluídas. É, portanto, uma “madeira pura”.

A resistência e durabilidade da madeira maciça são excelentes, o que a torna uma opção formidável para a confecção de móveis que receberão carga, como armários e mesas. Sua resistência a danos como arranhões, batidas e afins é bem intensa e a recuperação também é simples caso seja necessário.

Sob o viés estético, a madeira móveis planejados também desponta como um destaque, já que eles apresentam um visual único por conta dos veios da madeira, da sua coloração e textura, ou seja, aquele será realmente um móvel exclusivo, seja qual for sua aplicação.

Porém, tudo isso cobra o seu preço na hora do orçamento móveis planejados, que deve ficar mais caro do que com as outras opções. Podemos tomar como referência o valor médio para a fabricação de um móvel planejado para escritório em madeira maciça, que é de aproximadamente R$ 1.600 por m².

Há várias madeiras que podem ser usadas para a confecção de móveis, como eucalipto, mogno, carvalho, nogueira, cerejeira, cedro e bétula, entre outras, cujo preço também pode variar de acordo com sua disponibilidade de mercado.

MDF (Medium Density Fiberboard)

O MDF pode ser traduzido como placa de fibra de média densidade. As chapas são formadas por fibras de madeira unidas com o auxílio de resina sintética, mistura esta que é compactada com pressão e calor e, assim, se transforma em placas maciças, uniformes e com belo acabamento.

Atualmente, o MDF é um dos principais materiais na marcenaria, já que aceita bem vários tipos de acabamento, da pintura simples à lavagem e impressão de padrões. Embora não seja resistente à água, há opções no mercado com maior resistência à umidade e até ao fogo.

Em relação aos preços, o m² de um móvel em MDF pode ficar entre R$ 800 a R$ 1.200, também podendo variar de acordo com cada projeto móveis planejados.

HDF (High Density Fiberboard)

O HDF pode ser traduzido como placa de fibra de alta densidade. Seu processo de produção é bem parecido com o do MDF, mas com a diferença de que a densidade é mais alta, já que são usadas fibras de madeira selecionadas, as quais são misturadas com resina termofixada por pressão e alta temperatura.

Por ser mais resistente que o MDF, o preço do material também é mais elevado por m², embora isso tenda a se converter em uma maior durabilidade, especialmente para aplicações que precisem de resistência, como mesas, armários e afins.

MDP (Medium Density Particleboard)

O MDP pode ser traduzido como aglomerado de média densidade, embora não seja o antigo material conhecido popularmente como “aglomerado”. Bastante utilizado, sua produção é feita em prensas bem modernas, que resultam em chapas lisas e com partículas perfeitamente distribuídas.

As chapas contam com uma camada grossa no miolo e duas finas nas superfícies e não são tão maleáveis quanto as de MDF, o que as torna opções indicadas para estruturas retas, como portas, prateleiras, painéis e afins.

Embora seja menos resistente que o MDF, ela lida bem com pregos e parafusos, ao passo que as placas de fibra de média densidade costumam rachar quando se aplicam parafusos e pregos, por exemplo.

O MDP também não é à prova d’água, mas pode receber um revestimento laminado para que seja utilizado em cômodos úmidos, como cozinha, banheiro, lavabo e lavanderia, por exemplo.

O preço do MDP é em torno de 15% mais barato do que o MDF, o que significa que o m² dos móveis já prontos fica por volta de R$ 680 a R$ 1.020.

OSB (Oriented Strand Board)

Podemos traduzir OSB como placa de vertente orientada, o que dá uma boa ideia a respeito de sua composição. Ela é feita com lascas de madeira prensadas em camadas perpendiculares, as quais são unidas com resina aplicada sob alta pressão e temperatura para maior resistência.

Além de um bom isolamento acústico, ela é uniforme, reciclável e pode ser usada até mesmo em áreas externas, já que a chuva não prejudica sua estrutura. Além disso, o visual é bem característico e deixa o ambiente com um aspecto natural e clean.

O custo do OSB é outra grande vantagem, o que o coloca como uma opção com custo-benefício diferenciado. É possível encontrar chapas de OSB multiuso, de 2,44 m x 1,22 m e 15 mm de espessura, por aproximadamente R$ 120, ou seja, pouco mais de R$ 40 por m² de matéria-prima.

Logo, mesmo com a mão de obra, o preço é um destaque.

Compensado

Por fim, temos também o compensado, chapas formadas por lâminas de madeira sobrepostas e perpendiculares, unidas com cola e prensadas com calor para que ganhem resistência e, assim, suportem tensões maiores.

As chapas de compensado podem ser pintadas e receber a colagem de lâminas naturais ou de melanina, o que as coloca como opções bastante versáteis para a confecção de móveis.

Outro ponto positivo é que elas podem receber bem pregos e parafusos, ou seja, os móveis podem ser montados e desmontados caso necessário sem que isso prejudique a sua estrutura.

Em relação aos preços, ao considerar apenas o material, é possível encontrar chapas de 2,20 m x 1,60 m, com 15 mm de espessura, por menos de R$ 210, ou seja, algo em torno de R$ 60 por m², também desconsiderando o valor da mão de obra.

Ideias e possibilidades de projeto móveis planejados

Como são fabricados e montados de acordo com a necessidade e as preferências de cada cliente, cada projeto móveis planejados e, consequentemente, cada orçamento de móveis planejados é diferente entre si.

Porém, isso não significa que você não possa se basear em boas ideias quanto ao estilo dos móveis, às cores escolhidas ou mesmo à sua disposição. Assim, ao entrar em contato com o profissional responsável pelo projeto e pela montagem, ele buscará adequar o que se busca às condições de cada ambiente.

Confira algumas ideias de projetos para móveis planejados e veja como eles podem dar outro ar à sua casa, escritório ou outros ambientes:

Armário de cozinha planejado

Ter espaço para guardar recipientes, pratos, copos, panelas e afins, além dos mantimentos, é uma das principais necessidades especialmente em apartamentos pequenos, e o melhor aproveitamento de espaço possível se dá por meio de móveis planejados cozinha.

Uma grande diferença é que eles podem ser montados até o teto, ou seja, literalmente cada centímetro possível será utilizado. Assim, você otimiza o seu espaço de armazenamento.

Além dos armários que são instalados no alto, os que ficam no chão também podem ser feitos do tamanho que quiser, inclusive com espaços para a instalação de cooktops e fornos de embutir para um visual clean maravilhoso.

Uma dica bacana para ganhar espaço é contar com portas de correr, já que há apartamentos e até casas com cozinhas bem pequenas. Assim, não será necessário se preocupar com o espaço de abertura das portas.

Em relação ao melhor material para armário de cozinha, você pode optar pelo MDF ou MDP com revestimento laminado, por exemplo.

Móveis planejados quarto

Os móveis planejados quarto também são excelentes quando o assunto é economia e aproveitamento de espaço. Assim como comentamos nos móveis planejados cozinha, eles podem ser construídos até o teto, com bons espaços para guardar roupas de cama, mesa e banho, por exemplo.

Para um visual mais requintado e também para trazer uma sensação de amplitude ao cômodo, você pode optar por móveis planejados quarto casal ou solteiro com espelhos, seja em guarda-roupas ou mesas de cabeceira, que fazem o cômodo parecer bem maior do que realmente é.

Guarda-roupas planejado

Otimizar o espaço é super importante para conseguir guardar todas as roupas dos moradores, além das roupas de cama, mesa e banho, às vezes sem nem precisar de uma cômoda. Por isso, quando pensamos em móveis planejados quarto, o guarda-roupas é um dos principais.

Como há muita variedade, quando se fala sobre guarda-roupa planejado preço, m² depende de como você deseja o móvel. Não se conta apenas a área, já que ele pode ter mais ou menos prateleiras em seu interior, o que também influencia no valor, por exemplo.

Móveis planejados para sala

Os móveis planejados sala geralmente contemplam os racks e estantes para TV, mas também podem abordar mesas de centro e de canto, cristaleiras e até barzinhos.

Com ambientes planejados, você valoriza ainda mais a beleza do cômodo e sua decoração, que pode seguir vários estilos, como rústico, moderno, campestre, escandinavo, industrial e minimalista, entre outros.

Rack para sala planejado

Especialmente sobre os racks, você pode optar por um que seja instalado na parede, o que permite aproveitar o espaço abaixo dele para posicionar e guardar aparelhos eletrônicos, CDs, DVDs e documentos, por exemplo.

Se tiver mais espaço disponível e for um amante de som de qualidade, pode até solicitar um móvel MDF planejado com espaços para as caixas de som de um Home Theater. Assim, além de uma sala de estar linda, ela será um verdadeiro centro multimídia!

Fazer armário para banheiro

A otimização do espaço é essencial em todos os cômodos, mas quando falamos sobre o banheiro, isso se torna ainda mais crítico, já que ele costuma ser compacto e ainda ter que dividir seu espaço com o box ou a área do chuveiro. Por isso, por vezes, o desenho do móvel precisa até acompanhar a abertura da porta!

O melhor material para móveis de banheiro pode ser ou MDP ou MDF laminado, que possuem um bom custo-benefício e ainda ganham resistência a umidade. Ainda assim, é bom evitar contato demasiado com água.

Móveis planejados para escritório

Quando se solicitava um orçamento móveis planejados para escritório, era comum remeter apenas a espaços exclusivos para trabalho. Porém, com a tendência do home office, isso também foi trazido às casas e apartamentos.

Ao mesmo tempo em que o cômodo fica agradável esteticamente, ele também se torna adequado para a ergonomia, o que é indispensável para ajudar no conforto e na produtividade, isso sem contar o perfeito aproveitamento de espaço de acordo com cada projeto móveis planejados.

Como solicitar um orçamento de móveis planejados?

Depois de aprender tantas informações importantes sobre projeto móveis planejados, o melhor material para móveis e até uma média de preço de móveis planejados, chegou a hora de ter uma cotação exclusiva para o que você precisa.

Para isso, preencha o formulário desta página com o máximo de informações que tiver. Profissionais e empresas cadastrados aqui no GetNinjas receberão a sua solicitação e, então, elaborarão o orçamento móveis planejados que você procura.

Aproveite a oportunidade e peça agora mesmo o seu orçamento de móveis planejados. Assim, seja para móveis planejados para apartamento pequeno ou para saber quanto custa móveis planejados para outras ambientes, você poderá receber até 4 orçamentos gratuitamente para o que procura!

Qual o preço do mármore e granito?

Certamente, essa é uma das principais dúvidas que você pode ter em sua mente sobre ambos materiais. Via de regra, o granito é mais barato, mas o valor de ambos varia de acordo com os tipos de mármore e granito, que podem apresentar diferenças bem significativas.

Para lhe ajudar, nós montamos uma tabela que te ajuda a saber o preço de granito e o preço do mármore. Porém, considere-a apenas como uma orientação, já que os valores podem variar de acordo com cada cidade, a quantidade adquirida e o acabamento desejado, por exemplo.

Além disso, há uma grande variedade de tipos de mármore e granito, e nós escolhemos alguns dos principais para trazer os preços aqui, tudo bem?

Preço de granito por m²

  • Granito Branco Dallas: R$ 200
  • Granito Branco Fortaleza: R$ 200
  • Granito Amarelo Gold: R$ 220
  • Granito Amarelo Ornamental: R$ 220
  • Granito Vermelho Brasília: R$ 270
  • Granito Verde Ubatuba: R$ 315
  • Granito Amarelo Icaraí: R$ 320
  • Granito Amarelo Santa Cecília: R$ 270
  • Granito Preto São Gabriel: R$ 350
  • Granito Preto Indiano: R$ 390
  • Granito Preto Via Láctea: R$ 400
  • Granito Branco Polar: R$ 500
  • Granito Marrom Bahia: de R$ 470 a R$ 550
  • Granito Marrom Tabaco: de R$ 470 a R$ 550
  • Granito Marrom Absoluto: R$ 900


Preço do mármore por m²

  • Mármore Crema Marfil: R$ 700
  • Mármore Botticino: R$ 850
  • Mármore Nero Marquina: R$ 850
  • Mármore Branco Carrara: R$ 900
  • Mármore Marrom Imperial: R$ 900
  • Mármore Travertino Romano: R$ 1.000
  • Mármore Carrara Gióia: R$ 1.000
  • Mármore Piguês: R$ 1.000
  • Mármore Calacata Oro: R$ 2.800
  • Mármore Ônix: de R$ 1.300 a R$ 3.800

Encontre em todos os Estados

Encontre nas principais Cidades