Análise de Preço

Conheça a definição do termo, como funciona um planejamento de branding, quanto custa e muito mais!

Você sabe o que é branding? Se sim, entende como este é um processo muito importante para a construção de marca de uma empresa, independente de qual seja o seu porte ou segmento; e se ainda não sabe, fique tranquilo, pois sempre é tempo de aprender.

Investir em um planejamento de branding pode fazer com que o seu negócio alcance muito mais sucesso a curto, médio e longo prazo, já que ele mostrará ao público uma imagem bem mais forte e estabelecida, mesmo que seja uma empresa ainda nova no mercado.

Continue com a gente para saber mais sobre essa importante ação de gestão de marca, quanto custa um projeto de branding e como essa é uma ótima decisão sob o ponto de vista estratégico e operacional.

O que é branding?

Por definição, é uma prática de marketing em que uma empresa cria seu nome, símbolo ou design de forma que seja facilmente identificável como pertencente àquela empresa. Isso ajuda a identificar seus produtos, além de distingui-los, em conjunto com os serviços, do que é oferecido pela concorrência.

O branding é importante não apenas por construir impressões memoráveis nos clientes, mas também por permitir que os consumidores e outros potenciais clientes saibam o que esperar da sua empresa.

Ao trabalhar com este projeto de construção de marca, você se distingue de seus concorrentes e esclarece o que entrega a ponto de te tornar a melhor opção do mercado.

A construção de marca deve ser feita de modo a ser uma representação verdadeira de quem você é como negócio e de como quer ser percebido pelo mercado e por seus clientes, em um verdadeiro e longo trabalho de identidade.

Vários são os exemplos da aplicação bem-sucedida do branding:

  • Apple: produtos de alta tecnologia, design único e foco no interesse local de seu público;
  • Coca-Cola: valores universais, como alegria, família e compartilhamento;
  • Zara: tendências de moda com produtos mais acessíveis, voltados a uma maior parcela da população;
  • Uber: serviço familiar e simples de usar em todo o mundo, mais agradável do que procurar por táxis ou recorrer ao transporte público, esteja onde estiver;
  • McDonald’s: uniformidade, com a mesma qualidade e experiência em todos os lugares do mundo, além de produtos personalizados para diferentes países.

É claro que estamos falando aqui de empresas gigantes, mas nada impede que o seu negócio tenha um branding bem definido e estruturado, capaz de te destacar perante a concorrência assim como acontece com as marcas acima.

Por que o branding é importante?

Este é um processo capaz de proporcionar uma série de benefícios à sua empresa, como os seguintes:

  • Maior reconhecimento. Este é o ponto principal, pois permite que os consumidores e potenciais clientes se lembrem daquela marca, o que é algo super importante, especialmente em um mercado tão acirrado e competitivo.
  • Maior potencial de atração de clientes. Quando se tem um bom negócio, é natural que ele seja divulgado por clientes que já estão satisfeitos. Essa familiaridade é importante no estabelecimento de novos negócios, e assim que a marca estiver bem estabelecida, a divulgação boca-a-boca será natural e fundamental para seu crescimento.
  • Maior valor para os negócios. O branding também é importante na geração de futuros negócios, e ter uma marca bem estabelecida pode aumentar o valor da empresa e alavancá-la em seu segmento. Ela se transforma em uma oportunidade mais interessante para investir, pois já está bem estabelecida no mercado.
  • Mais credibilidade e confiabilidade. Com uma aparência profissional e um branding bem estruturado, a construção de confiança com os consumidores atuais e em potencial tende a ser mais firme e estabelecida. Isso aumenta as chances de fazer novos negócios.
  • Apoio à publicidade da empresa. A publicidade também é um elemento do planejamento de branding, e suas estratégias refletem diretamente a imagem da marca e o que ela deseja passar aos consumidores.
  • Maior orgulho e satisfação por parte dos colaboradores. Além do impacto externo, uma boa construção de marca também faz com que os colaboradores se sintam mais satisfeitos, felizes e engajados com a empresa em que trabalham, o que tende a resultar em um desempenho ainda melhor.

Com todos esses benefícios, fica claro como o planejamento de branding pode ser um divisor de águas para qualquer empresa, das que estão iniciando sua trajetória àquelas que já possuem alguns anos (ou mesmo décadas) em atividade.

Quanto custa um projeto de branding?

Depende muito da complexidade do projeto, do tamanho da empresa e da experiência do profissional ou da agência contratada. Porém, em um projeto completo, o valor pode ficar em torno de R$ 20.000.

Essa é uma estimativa extraída da “Tabela Referencial de Valores 2019/2020 da Adegraf”, a Associação dos Designers Gráficos do Distrito Federal, e embora possa variar de acordo com cada caso, é uma boa fonte de preços.

Este valor contempla os seguintes serviços:

  • Elaboração de diagnósticos e estratégias;
  • Criação das expressões físicas e comportamentais da marca - identidades visuais, verbais e sensoriais;
  • Elaboração do brandbook - síntese de todo o projeto e manuais de uso;
  • Criação de campanhas de disseminação da marca (sem custos de produção).

O valor de R$ 19.900, exatamente, corresponde a um projeto para um microempreendedor individual (MEI), de acordo com as estimativas da Adegraf. Para um projeto completo, o valor foi o seguinte para empresas de outros portes:

Microempresa: R$ 38.850

Pequena empresa: R$ 83.700

Média empresa: R$ 143.300

É claro que essa é apenas uma estimativa, que pode variar bastante de acordo com cada projeto e a negociação feita com o profissional ou a empresa responsável pela construção de marca, mas também é importante destacar que este é um serviço trabalhoso e que demanda bastante dedicação e empenho.

O que está contido em um projeto de branding?

De fato, o que compõe um projeto de construção de marca pode variar de acordo com cada profissional ou empresa responsável por sua elaboração. Porém, algumas das principais ações são as seguintes:

Pesquisa

Esta é uma etapa que nem sempre aparece tanto quanto as demais, mas que é indispensável para a construção de marca: a pesquisa.

Isso pode ser feito por meio de entrevistas internas e externas, questionários, análises e auditorias para encontrar pontos chave capazes de inspirar a história que será construída mais adiante.

Toda esta pesquisa precisa ser colocada tanto no contexto do atual cenário da empresa quanto no que se espera que a marca atinja no futuro. Assim, será possível aspirar novos ares, mas sem se desconectar da realidade.

Posicionamento

Depois da pesquisa, a próxima etapa é a estratégia e o posicionamento, que ajuda a entender o mercado e onde a empresa está inserida nele, além de destacar seus diferenciais e reafirmar seu propósito.

Este posicionamento precisa ser feito de acordo com o que a empresa é e o que ela quer se tornar. Com isso, ela saberá quais são seus maiores concorrentes, o que eles fazem de bom que pode ser replicado e o que eles não entregam que pode ser abordado na estratégia, por exemplo.

História

A história da marca é como uma declaração sua para o mundo. Ela deve conter tudo o que é importante para aquela empresa, como quem ela é hoje, quem quer ser no futuro, qual é sua visão e os valores que ajudaram a moldá-los.

Ainda que seja algo tão rico, não é necessário que a história seja muito extensa. Mesmo curta, ela pode trazer mensagens bem fortes e impactantes, capazes de trazer um lado mais “humano” e menos “corporativo” àquele negócio.

É importante que a história reflita porque a empresa existe, o que ela defende, porque oferece produtos e serviços relevantes ao público e o que a torna diferente, além do que almeja ser no futuro.

Identidade visual

Quando se sabe o que é branding, fica claro que todos os componentes são importantes, mas não podemos deixar de destacar a identidade visual, uma parte bem “tangível” e que costuma ficar fixada no imaginário dos consumidores e potenciais clientes, além do mercado como um todo.

A identidade visual é uma forma simples de expressar quem a empresa é. É por meio dela que as pessoas reconhecerão aquela marca, o que torna este um ponto tão importante e significativo.

Vários são os itens contemplados pela identidade visual, como os seguintes:

  • Logo;
  • Manual de identidade visual;
  • Tipografia;
  • Layout do site;
  • Posts em redes sociais;
  • Assinatura de e-mail;
  • Papelaria;
  • Cartão de visitas;
  • Banners;
  • Folders, entre outros.

Estratégia de lançamento

Este item pode parecer um “estranho no ninho” quando falamos sobre o que está contemplado em um projeto de construção de marca e, posteriormente, de gestão de marca, mas é preciso pensar em como essa nova identidade será apresentada ao mercado.

É fundamental ser estratégico nessa jornada, especialmente quando se deseja estreitar os laços com a comunidade já existente, ou seja, quem se importa ainda mais com a marca. Porém, também é recomendável que isso seja feito mesmo para o caso de empresas novas.

Neste processo, é importante pensar como, quando e onde anunciar a nova marca, bem como no que precisará ser feito para descontinuar eventuais materiais que ainda levam a marca “antiga”, especialmente os físicos, que são mais difíceis de monitorar e substituir que as divulgações digitais.

Compensa investir em um planejamento de branding?

Com certeza. Este é um ponto que pode diferenciar boas marcas das excelentes, principalmente quando se pensa em um projeto de médio a longo prazo.

Pensar na empresa como algo meramente comercial e institucional não é a melhor das ideias. Afinal, em tempos de tanta conectividade, em que as pessoas podem conhecer mais sobre suas marcas preferidas em questão de segundos, é importante que elas se identifiquem com aquele negócio.

Quando se trabalha a construção de marca, os clientes não se simpatizam apenas pelos produtos e serviços oferecidos, mas também pela história da empresa e pelo que aquela marca representa.

Isso, por sua vez, pode construir uma base de clientes fiéis e que acompanharão a marca por anos e anos a fio, além de divulgá-la para seus amigos e parentes de maneira natural, em uma técnica tradicional, mas muito eficiente.

Além de ser algo que pode aproximar mais a empresa dos clientes, a construção de marca é algo que a ajuda a vislumbrar quais serão seus próximos passos de uma maneira natural, sem se descolar de sua visão, missão, valores, inspirações e interesses.

Podemos traçar um paralelo entre o branding e a identidade da marca: quanto mais profunda for essa identidade, melhor será para todos os envolvidos, já que isso tende a traçar um negócio perene e com altas chances de sucesso.

Portanto, ainda que isso traga um custo significativo, é preciso entender que se trata, na verdade, de um investimento, com ótimo potencial de retorno especialmente a médio e longo prazo, mas também com impactos a curto prazo.

Quem pode criar um planejamento de branding?

Este é um processo multidisciplinar, já que demanda conhecimentos de marketing, negócios, design e comunicação, entre outras áreas. Por isso, agências de publicidade e de marketing aparecem entre as favoritas para a construção de um planejamento de marketing.

Porém, nada impede que ele seja desenvolvido por profissionais polivalentes, especialmente aqueles que já têm experiência no desenvolvimento deste planejamento. Por outro lado, isso pode demandar mais tempo para que todo o projeto seja concluído, dada sua riqueza de detalhes.

Afinal, quanto custa um projeto de branding para a minha empresa?

Depois de aprender sobre construção de marca, gestão de marca e planejamento de branding, o que pode levar o seu negócio para outro patamar, você provavelmente deve estar pensando em quanto custa um projeto de branding personalizado para sua empresa.

Para receber orçamentos dos melhores profissionais e agências do mercado, preencha o formulário abaixo com todas as informações que tiver. Então, é só aguardar para receber as propostas gratuitamente em seu e-mail e, assim, escolher a que melhor se adequa às suas necessidades.

Inclusive, você pode comparar a avaliação de cada profissional e agência que lhe enviar os orçamentos de acordo com as opiniões de quem já contratou seus serviços aqui no GetNinjas. Assim, fica ainda mais fácil tomar as melhores decisões possíveis.

Depois de saber o que é branding e como ele é importante para a construção e a divulgação da sua marca, aproveite a oportunidade e considere este investimento, capaz de transformar sua realidade a curto, médio e longo prazo!

Encontre em todos os Estados

Encontre nas principais Cidades