Análise de Preço

Carreto pequeno para mudança na mesma cidade

Toda mudança residencial, em si, gera bastante trabalho, independente se a distância entre um ponto e outro for longa ou pequena. Para mudanças dentro de uma mesma cidade, é claro, esse trabalho tende a ser menor, mas ainda assim necessitará do auxílio de um carreto, já que estamos falando do transporte de itens grandes, como móveis, eletrodomésticos e eletrônicos. Para mudanças dentro de uma mesma cidade, no entanto, muitas vezes é possível transportar alguns itens da casa em carros e deixar apenas os de volume maior para o carreto. Além disso, como esse tipo de mudança costuma ser menor, muitas vezes é uma boa oportunidade para se desfazer de alguns itens da casa que já não estão mais sendo utilizados e, assim, economizar no transporte. Os pequenos carretos dentro da mesma cidade geralmente também podem ser sinônimo de uma logística mais simples. Um bom exemplo disso é a forma de acomodar a mudança: nem sempre será necessário embalar item a item em plástico bolha ou acomodar toda a mudança em caixas super vedadas, próprias para serem transportadas entre longas distâncias. Assim, com algumas dessas atitudes, você verá que é possível diminuir bastante o volume de sua mudança e optar pela contratação um carreto menor, poupando trabalho e dinheiro.

Carretos da mesma cidade

Toda mudança residencial, em si, gera bastante trabalho, independente se a distância entre um ponto e outro for longa ou pequena. Para mudanças dentro de uma mesma cidade, é claro, esse trabalho tende a ser menor, mas ainda assim necessitará do auxílio de um carreto, já que estamos falando do transporte de itens grandes, como móveis, eletrodomésticos e eletrônicos. Para mudanças dentro de uma mesma cidade, no entanto, muitas vezes é possível transportar alguns itens da casa em carros e deixar apenas os de volume maior para o carreto. Além disso, como esse tipo de mudança costuma ser menor, muitas vezes é uma boa oportunidade para se desfazer de alguns itens da casa que já não estão mais sendo utilizados e, assim, economizar no transporte. Os pequenos carretos dentro da mesma cidade geralmente também podem ser sinônimo de uma logística mais simples. Um bom exemplo disso é a forma de acomodar a mudança: nem sempre será necessário embalar item a item em plástico bolha ou acomodar toda a mudança em caixas super vedadas, próprias para serem transportadas entre longas distâncias. Assim, com algumas dessas atitudes, você verá que é possível diminuir bastante o volume de sua mudança e optar pela contratação um carreto menor, poupando trabalho e dinheiro.

Carretos na hora da mudança

Como toda mudança, as pequenas também requerem planejamento. Como mencionado anteriormente, planeje-se para transportar itens como roupas, calçados, acessórios, roupas de cama, mesa, banho, enfeites e pequenos objetos em uma ou mais viagem de carro. Essa seleção do que irá ou não ser transportado por um carreto profissional ajudará a decidir o tamanho do veículo a ser contratado. Agora que você tem em mãos uma lista contendo apenas os itens maiores da mudança, aqueles que não cabem nos veículos de tamanho tradicional, procure uma empresa ou profissional especializado em carreto para orçar o serviço. Existem vários tamanhos e modelos de carretos disponíveis, desde carros pequenos, estilo pick-ups, que podem ter caçambas abertas ou fechadas, até caminhões baú (grandes e pequenos) e caminhões com a carroceria aberta. Como estamos falando de mudanças pequenas dentro de uma mesma cidade, você poderá optar pelos modelos pequenos. Mas, ainda assim, deverá calcular o tamanho dos itens a serem transportados para decidir entre as pick-ups ou caminhões, uma vez que o valor cobrado pelo profissional que fará a mudança é válido para apenas uma viagem. Outro ponto importante que deve ser observado na hora de escolher o tipo de carreto é o local de partida e chegada da mudança. Isso porque alguns edifícios possuem a entrada da garagem muito baixa, o que dificulta, por exemplo, a chegada de caminhão com baú. Se esse for o caso, você deverá optar por uma caminhão de caçamba aberta, um veículo pequeno ou, ainda, verificar se há um local próximo à saída de serviço do prédio para que o carreto possa estacionar até que a mudança seja completamente carregada ou descarregada. Converse e alinhe todos esses pontos com a empresa ou profissional que pretende contratar. Caso contrário, você poderá ser surpreendido negativamente na hora da mudança. Também para evitar surpresas negativas, informe-se sobre as regras dos locais onde a mudança será realizada: muitos prédios e condomínios, por exemplo, proíbem carga e descarga aos domingos, feriados e depois do horário comercial.

Quanto custa carreto pequeno

Como são vários os modelos de carretos pequenos, o valor de mercado é bastante relativo. Os carretos abertos costumam ter preço menor, mas são indicados apenas se a distância entre os dois pontos for realmente curta, afinal, podem ocorrer imprevistos como mau-tempo - nesse caso, tenha sempre à mão um plano B, como a utilização de lonas para cobrir a mudança. Outra variável no preço do carreto é a contratação ou não de um ajudante para fazer a mudança. Se você não tiver quem ajude a carregar itens pesados da casa, como eletrodomésticos e mobília grande, será necessário contar com um braço a mais e isso tende a encarecer o serviço. Caso opte por uma empresa especializada em carreto, você também poderá pagar um pouco a mais pela organização da mudança. Muitos profissionais oferecem esse tipo de serviço por um valor extra, que pode compensar caso você não seja bom com organização. Em média, o serviço de carreto pequeno custa R$ 181,00, podendo chegar a R$ 750,00 dependendo do pacote contratado.

Custos de Serviços