Aprenda a instalar varal

Varal de teto

Varal de teto

É o mais comum nas residências, ele fica fixo na parede. Seu tamanho pode variar de 80 cm a 1,5 metro, 6 ou 8 varetas. Como o próprio nome diz, ele fica suspenso no teto e você faz o controle através de cordinhas.

Varal de parede retrátil

Varal de parede retrátil

É ótimo para ambientes pequenos, você só abre para o uso. A desvantagem desse tipo de varal é que você não pode sobrecarregá-lo de peso.

Varal de parede

Varal de parede

Esse tipo é mais comuns em casas, ele é preso na parede, geralmente, do quintal. Na sua maioria, o varal de parede é bem resistente.

Varal de chão

Varal de chão

Essa opção de varal é ótima para quem também não tem muito espaço, pois você pode mudá-lo de lugar, transportá-lo até mesmo para viagens e guardá-lo em algum cantinho.

Varal giratório

Varal giratório

Esse modelo não é muito comum, mas também é usado, principalmente, por pessoas que possuem um grande quintal onde as roupas podem ficar girando para secar conforme bate o vento.

Mini varal

Mini varal

É mais usado para pendurar roupas íntimas, ele fica como uma espécie de cabide no varal normal e possui vários pregadores aonde você já pode pendurar suas peças.

Varal para cada residência

Apartamentos - esse tipo de imóvel, geralmente, possui espaço reduzido, portanto, é recomendado que sejam instalados varais de teto, sempre o mais próximo possível da janela mais ventilada e que bata sol da ar de serviço. Outra opção é usar o varal de chão na varanda, por exemplo.

Quintais - por serem maiores, é possível abusar e ter um varal de parede ou giratório, assim as roupas secam com mais facilidade e em maior quantidade.