Os tipos de Pastilhas e onde usar cada uma delas

As pastilhas nunca saem de moda, estão sempre figurando nos projetos dos melhores arquitetos do Brasil e do mundo, hoje encontramos uma infinidade de modelos, cores, tamanhos, formatos em diferentes materiais.

Pastilhas para Banheiros

As miscelâneas (cores misturadas) são muito usadas em banheiros, as pastilhas mais indicadas são as pastilhas de vidro cristal, resinadas, pigmentadas e porcelana. Já é preciso ficar atento as pastilhas de materiais naturais, que não podem ser usadas na área de box, pois a umidade e a água podem deixar as pastilhas com manchas. Ex. Pastilhas de pedra, coco ou madrepérola.

 

Pastilhas para Cozinhas

As pastilhas para cozinha são amplamente utilizadas em projetos de arquitetura de interiores, pois tem tudo a ver com esses ambiente, são fáceis de limpar e agregam uma beleza única, na imagem abaixo as pastilhas em tons cítricos dão um toque alegre ao ambiente e estimulam o preparo das refeições.


 

Painéis Pastilhados

Com certeza painéis de pastilhas podem fazer toda a diferença em projetos de decoração. Muitos arquitetos e designers de interiores usam painéis de pastilhas em corredores, paredes inteiras, hall de entrada, nichos e em mais uma infinidade de locais.

Pisos e fachadas

Alguns dos maiores mitos em relação às pastilhas é que elas não podem ser usadas como pisos. O que é uma grande inverdade, pois pisos feitos com pastilhas são usados em muitos países e são preferências de muitos arquitetos conceituados no Brasil e no mundo.

Pastilhas na Fachada

Em relação à fachada, as pastilhas mais usadas são as pastilhas de porcelana, mas existem também muitos projetos com pastilhas de vidro.

Agregam valor, tem baixo custo de manutenção e dão acabamentos sofisticados a grandes projetos como esses.

Pastilhas para Piscinas

Usadas em piscinas de alvenarias, as pastilhas continuam sendo a melhor opção para quem quer construir uma piscina bonita, atual, com baixo custo de manutenção e com um acabamento superior, seu desempenho em relação a problemas de umidade e desgaste com o tempo é muito superior a outros produtos encontrados no mercado.

Principais dúvidas sobre pastilhas respondidas

Grandes ou pequenas, feitas de cerâmica, vidro ou materiais naturais, elas nunca saem de moda. Também oferecem transparência e efeitos inusitados - como bolhas e metalizados

1. Qual a diferença entre a pastilha de vidro e de cerâmica?

As pastilhas de vidro apresentam brilho e exibem profundidade quando expostas à luz. Já, as de cerâmica apresentam cor homogênea e são um pouco menos escorregadias que as primeiras. Os dois tipos de materiais possuem vida longa, mas o segredo da durabilidade está no rejunte.

2. O que devo levar em conta na hora da escolha?

Tudo depende de onde o material será usado. Quando se trata de aplicar pastilhas de vidro nas paredes, até os tipos superlisos são adequados. Porém com os pisos é preciso atenção. Nas áreas molhadas, o revestimento deve ser antiderrapante..

3. Como deve ser feita a limpeza das pastilhas?

Os fabricantes recomendam uma solução de ácido muriático diluído em água na proporção de 1:1, que não mancha nem tira o brilho do material e conserva o rejunte limpo. O procedimento requer máscara e luvas, pois a mistura é agressiva.  

4. É possível pintar as pastilhas?

Pastilhas cerâmicas ou de vidro podem ser pintadas por meio de dois processos. O primeiro é aplicar sobre a superfície um fundo fosfatizante anticorrosivo automotivo, como o Glasurit, da Basf, e por cima qualquer tinta de acabamento: látex, PVA, acrílica ou esmalte. A segunda alternativa é aplicar fundo preparador, massa e esmalte da linha epóxi, normalmente usada para cobrir azulejos.

5. Qual deve ser o tamanho das pecinhas para que o ambiente pareça maior?

Pastilhas menores parecem ampliar os ambientes pequenos. Por isso, os modelos de 2,0 x 2,0 cm e 2,5 x 2,5 cm são recomendados para paredes de medidas restritas e faixas estreitas. As pastilhas de 1,0 x 1,0 cm destinam-se a mosaicos. Piscinas, paredes e pisos amplos pedem formatos maiores.

6. Posso usar peças de qualquer tamanho no piso?

Não. As peças grandes, de 10 x 10 cm, por exemplo, são menos indicadas para o chão. A área de rejunte fica menor e a superfície, mais deslizante.

Novidade no mercado são as pastilhas de inox, perfeitas para cozinhas e banheiros

Características das patilhas inox

São uma versão daquelas famosas pastilhas de vidro e porcelana que estamos acostumados a ver em diferentes locais, só que em aço inox.

O aço inox possui propriedades muito superiores ao aço comum que garantem que ele fique livre da oxidação, ou seja, da ferrugem, visto que elas têm como principais características a sua alta resistência à oxidação atmosférica.

Onde usar

As pastilhas em aço inox são as mais recomendadas para cozinhas e áreas gourmet, visto que apresentam uma fácil manutenção, alta durabilidade e uma grande resistência à oxidação.

Pastilhas inox na cozinha

Esse produto pode ser colocado como acabamento, em um detalhe numa faixa horizontal, em formato de “L”, sobre a bancada da pia e do fogão, enfim são várias as possíveis utilizações e isso dependerá apenas do gosto pessoal de cada um.

Pastilhas Inox Banheiro

Atualmente, devido às suas características de requinte, as pastilhas de inox são usadas em banheiros e lavabos isso se da conta tambem a sua resistência á lugares mais úmidos