Quais as diferenças entre frete e carreto? Quando contratar um frete ou um carreto? Antes de pedir um orçamento o melhor é se certificar de qual o tipo de transporte mais adequado para a sua necessidade

Normalmente estes dois tipos de serviços são fetios por autônomos, que têm caminhonetes, pick-ups ou caminhões de pequeno porte. 
Carreto: nesses casos, o orçamento repassado pelo profissional inclui somente o transporte dos pertences. Não há ajudantes para carregar nem descarregar o veículo, e você deve se responsabilizar por tudo, contando somente com a ajuda do motorista, familiares e/ou amigos. Seria a opção mais barata.

Frete: apesar de originalmente se referir ao valor pago pelo aluguel de uma embarcação ou outro meio de transporte, no setor de mudanças o frete assumiu uma definição mais próxima a uma "mini mudança". Você preparada tudo o que será transportado, desmontando móveis e fazendo a embalagem, e a equipe vem para carregar o veículo e levar todos os pertences ao novo imóvel. O número de ajudantes varia segundo a necessidade de cada cliente, mas geralmente são um máximo de dois.

Como realizar uma mudança residencial de maneira prática e rápida São várias as etapas que precisam ser cumpridas para que a organização da mudança transcorra sem imprevistos. Veja abaixo algumas dicas.

 

  • Com um estilete, faça pequenos cortes ao lado das caixas de papelão para servir de alça, facilitando o carregamento.

 

  • Faça uma caixa especial para a primeira noite, afinal, nem sempre dá pra desencaixotar tudo no mesmo dia, existem itens de sobrevivência para a primeira noite: escova de dente, remédios e até comida.

 

  • Escolha um local da casa e coloque todo o material de limpeza: vassouras, rodos, espanadores, etc.

 

  • Não se esqueça de transferir ou cancelar assinaturas de jornal ou revista, TV a cabo, alterar dados de contas de telefone, luz, água, etc.

 

  • Nomeie os parafusos em saquinhos, assim não tem perigo de errar de onde cada um é.

 

  • Não deixe a embalagem dos móveis para a última hora. Obviamente, a antecedência com a qual você começará as embalagens vai depender do tempo que dispõe para fazer o traslado. Normalmente, duas semanas bastam para conseguir empacotar tudo sem que a tarefa se transforme em um martírio.

 

  • Quando já está definida a data da mudança, uma das principais preocupações deve ser coordenar o corte dos serviços básicos do imóvel antigo, assim como a instalação dos mesmos na nova residência.

 

Algumas dicas para embalar os móveis

  • Primeiro passo é reforçar todas as caixas de papelão com fita adesiva.

 

  • Embale os objetos por cômodo. Ou seja, embale de uma vez tudo que estiver no quarto, sala, etc.

 

  • Comece pelos objetos que o uso não é do cotidiano, pois, os outros você pode precisar até o fim da mudança.

 

  • Coloque as roupas em malas de viagem

 

  • Coloque bolas dentro da outra.

 

  • Enrole e amarre os tapetes.

 

  • Embale os objetos frágeis com jornal e plástico bolha.

 

  • Etiquete todas as caixas para você saber onde está cada coisa, muito mais fácil na hora de arrumar a nova casa. Não esqueça de colocar avisos de objetos frágeis também.

 

  • Dica: caso sobre espaço nas caixas, amasse jornais e coloque onde está sobrando.