Conheça os diferentes tipos de grama sintética A grama sintética possui diversos tamanhos e características, atendendo, assim, às necessidade de diferentes ambientes e situações. Aqui vamos listar quatro tipos

Grama sintética de 12mm – fibrilada

Grama sintética de 12mm – fibrilada

Perfeito para playgrounds e áreas decorativas, embora possa ser aplicada em praticamente qualquer ambiente. Além de ter uma manutenção fácil e simples, possui uma estética suave por ser fibrilada, é segura e também completamente confortável. 

Grama sintética de 15mm – crimp

Grama sintética de 15mm – crimp

Esse tipo de grama possui uma característica única e inovadora: seus fios são retorcidos. Esse detalhe proporciona extrema funcionalidade quando o assunto é esporte. Sendo assim, a grama sintética de 15mm crimp é perfeita para ambientes de modalidades esportivas como quadras de tênis, putting green e mini golfe.

Grama sintética de 20mm – fita plana

Grama sintética de 20mm – fita plana

Essa grama sintética possui grande diferença no tamanho de seus fios e na técnica aplicada neles. Possuem quase o dobro do tamanho dos fios do modelo da grama sintética de 12mm e, diferentemente do modelo de 15mm crimp, possuem fios sem retorção, completamente lisos. Essa grama é preferência quando a finalidade é decorativa.

Grama sintética de 30mm – bicolor

Grama sintética de 30mm – bicolor

Imitando bastante o gramado natural, essa grama é muito indicada para quem busca ter um jardim com a aparência mais natural possível. É toda trabalhada em duas tonalidades da cor verde: uma mais clara e outra mais escura, criando uma mistura harmônica e suave.

Os prós e os contras da grama sintética

Os Prós da Grama Sintética

A grama sintética é muito prática em todos os sentidos, por isso é uma das principais razões pela qual as pessoas escolhem. O primeiro é que ela necessita de muito pouca manutenção, já que você não precisa mais se preocupar em cortar e aparar as bordas da grama. Além disso, a grama sintética não necessita de fertilização nem de irrigação. Já que a grama sintética não precisa ser irrigada e produtos químicos como pesticidas e fertilizantes não precisam ser aplicados, os donos desses gramados também economizam na conta de água e ajudam o meio ambiente por prevenir que toxinas desses agentes químicos se espalhem no ar.


Outro aspecto positivo da grama sintética é que ela é incrivelmente durável e resiliente, com a habilidade de enfrentar diversos elementos e uso intenso durante longos períodos de tempo. Além disso, a grama sintética tem um excelente sistema de drenagem que previne a criação de poças e trabalha para drenar rapidamente qualquer fluído ou liquido da superfície imediatamente. 

Os Contras da Grama Sintética

Enquanto existem muitos pontos positivos em escolher a grama sintética, também existem alguns aspectos que pesam na balança por essa escolha. Um deles é que, inicialmente, o custo de instalação da grama sintética pode ser cara e sua manutenção, mesmo tendo de ser feita menos regularmente, é de alguma forma mais cara. Algumas das tarefas de manutenção incluem sua periódica irrigação para remover resíduos e detritos deixados durante o uso e troca do preenchimento, geralmente feito com areia ou pedras artificiais feitas de borracha ou naturais. Outro motivo que afasta as pessoas da grama sintética é que um aumento significativo da temperatura pode fazer com que o material de que ela é feita se aqueça rapidamente, tornando difícil para os atletas jogarem enquanto ficam com fadiga e desidratação mais rapidamente.

Independentemente da sua escolha, a grama sintética continua a ser uma opção que vale a pena explorar quando quiser montar seu gramado.

Principais dúvidas sobre Grama Sintética respondidas Muitos mitos acerca do assunto ainda mais aqueles que desejam mas não conhecem profundamente sobre grama sintética. Pensando nisso, respondemos as 5 perguntas mais frequentes sobre grama artificial

1 – A grama sintética deve ser instalada somente em interiores ou pode ser instalada em ambientes ao ar livre?

A grama sintética se adequa a ambientes fechados e abertos. Por ser de um material muito resistente (composto de polietileno, polipropileno, látex e poliuretano), a grama sintética não danifica mesmo quando exposta a intempéries como chuvas, sol forte, etc.

2 – Quanto tempo dura um piso de grama sintética?

Depende da atividade que será desenvolvida sobre ele. Mas, o piso de grama sintética tem, aproximadamente, 5 anos de vida útil, estando em ótimas condições durante esse período.

3 – Quais os cuidados com a manutenção da grama sintética?

Nenhum. Umas das muitas vantagens de optar pelo piso sintético é, justamente, não precisar se preocupar com a manutenção desse. Produtos químicos e reparos não são necessários, pois o material é sintético e protegido contra microorganismos indesejáveis.

4 – É possível instalar grama sintética em pisos irregulares?

Sim. Ao contrário da grama natural, a grama sintética pode ser colocada até mesmo nos pisos mais irregulares. Em cima de lajes, rampas muito íngremes e áreas tortuosas. Basta retirar os resquícios como vegetação ou pedrinhas e colar o gramado sobre a superfície. A grama sintética se modela de acordo com o piso em que é colada e permite recortes se houver algum obstáculo no meio do caminho.

5 – Qual a altura ideal da grama sintética?

Depende do local em que ela será instalada e para qual finalidade. A grama de 12mm é recomendada para quem tem cachorro ou outro animal de estimação, porque é uma grama muito fácil de ser limpada. A de 15mm é indicada para playgrounds e a de 20mm é bastante utilizada em bordas de piscinas e em quadras de tênis. Já a grama sintética de 30mm é recomendada para jardins de inverno; de 40mm para cima, é uma altura boa para quadras de futebol, pois se assemelha ao gramado natural no desempenho.