Tipos de impermeabilização A impermeabilização das lajes dos diversos tipos vai protegê-la e proporcionar resistência às variações de temperatura e ainda proporcionar conforto térmico na parte interna dos ambientes.

Membrana Líquida Híbrida (PU + Acrílico)

Membrana Líquida Híbrida (PU + Acrílico)

As membranas híbridas de poliuretano e acrílico com exclusiva tecnologia CET (Tecnologia Co-elastica) são moldadas no local.
Membrana Líquida Poliuretano

Membrana Líquida Poliuretano

As membranas líquidas de poliuretano com exclusiva tecnologia MTC (Maior tolerância à umidade) são moldadas no local, pois durante a aplicação elas se ajustam perfeitamente à superfície em tratamento, permitindo uma impermeabilização sem falhas.
Mantas de PVC

Mantas de PVC

Uma cobertura eficiente e confiável deve proteger pessoas, bens e até mesmo a edificação das intempéries do ambiente, chuvas, raios solares, variações de temperatura e muito mais.
Mantas Asfálticas

Mantas Asfálticas

As impermeabilizações tem como função garantir a estanqueidade das coberturas.
Membrana Líquida Asfaltica

Membrana Líquida Asfaltica

As Membranas Líquidas são moldadas in loco, pois durante a aplicação elas se ajustam perfeitamente à superfície em tratamento, permitindo uma impermeabilização sem falhas.

Principais vantagens ao impermeabilizar laje

A impermeabilização das lajes traz muitos benefícios, pois essas áreas podem ser utilizadas para o lazer ou como estacionamento, sem preocupação com danos dentro dos ambientes. O que resulta em valorização dos empreendimentos, pois a área urbana está escassa de espaços horizontais, por isso o aproveitamento do espaço é muito valorizado.


Entre outras vantagens, além da durabilidade da edificação, as lajes impermeabilizadas ainda necessitam de menos manutenção e ainda oferecem além de temperaturas agradáveis dentro dos ambientes, maior isolamento acústico.

O que você precisa saber antes de fazer a impermeabilização da sua laje Cuidados antes da impermeabilização


Antes de impermeabilizar a laje, é preciso fazer o preparo da base, alinhar o caimento para a água escoar nos pontos certos. Para isso, arredondar arestas e cantos com média de um mês antes da impermeabilização, para garantir a cura da argamassa. 

A impermeabilização utilizada nos dois tipos de laje é eficiente contra a incidência solar, contribui com a redução de calor e protege as superfícies das infiltrações e goteiras. 

A técnica é responsável por proteger as mais diversas superfícies e estruturas dos danos temporais, como os danos causados pela incidência da chuva ou dos raios solares nas áreas expostas e até mesmo nas estruturas que não se expõem a esses danos, mas podem se estragar com o tempo. 

E o caso das lajes, que se não impermeabilizadas, podem apresentar trincas e rachaduras no decorrer do tempo, tendo sua durabilidade reduzida, com a presença de infiltrações, umidade, mofo e fungos. É por isso que as lajes de cobertura ou internas devem ser impermeabilizadas, evitando o desgaste de seus materiais e a desvalorização do imóvel.