Análise de Preço

O que você precisar saber para contratar um bom eletricista

Está procurando alguém para resolver um problema elétrico na sua máquina de lavar e não sabe muito bem por onde começar? A boa notícia é que você chegou ao lugar certo. Aqui no GetNinjas, além de encontrar eletricistas qualificados, você tem acesso a informações relevantes sobre esse tipo de serviço. 

A seguir, você vai entender o que faz um eletricista, descobrir a diferença entre um eletricista residencial e um eletricista comercial, conhecer vários tipos de serviços prestados por eletricistas e o valor médio do orçamento de eletricistas ou quanto custa um eletricista por hora dependendo do tipo de serviço. 

Para fechar com chave de ouro, receberá dicas importantes para a contratação de um profissional com as qualificações necessárias para resolver o seu problema. 

O que faz um eletricista

O eletricista é um profissional especializado e qualificado para implementar e manter as instalações elétricas em ambientes residenciais, comerciais e industriais, seguindo as normas técnicas e de segurança locais e nacionais. 

Essa é a definição padrão do eletricista. Mas você sabia que existem 23 tipos de eletricistas? Isso se deve não à especificidade de cada trabalho, mas sim às certificações e capacitações. Ser eletricista requer bastante conhecimento e responsabilidade. 

Um eletricista de aviação, por exemplo, precisa garantir que todo o sistema eletrônico do avião funcione perfeitamente, com total segurança. Além de instalar, inspecionar, testar, reparar e manter os sistemas eletrônicos e ligações dentro do avião, precisa lidar com os dispositivos de comunicação, sistema de navegação, entre outros instrumentos. 

Imagina o que acontece se a comunicação entre o avião e a torre falha? E o orçamento deste tipo de eletricista, já pensou quanto seria? Por ser um trabalho de muita responsabilidade, um eletricista de aviação ganha muito bem. 

Você já ouviu falar em técnicos solares? Provavelmente não. Mas com certeza conhece as placas solares, aquelas que vieram com tudo para converter a luz solar em energia elétrica nos prédios e residências, utilizando a energia natural para aquecer os ambientes. Saiba que os técnicos solares são eletricistas que instalam, mantêm e reparam esses sistemas solares para que a gente possa curtir cada vez mais o conforto dos ambientes, sem arcar com tantos danos à natureza. Sem eles, essa fonte alternativa de energia não estaria disponível. 

Os eletricistas que mais nos interessam, por serem os que precisamos com mais frequência, são os que atuam em residências e em áreas comerciais. Conheça um pouco mais sobre eles.

Eletricista predial/residencial x Eletricista comercial: qual a diferença?

O eletricista predial/residencial, também chamado de doméstico, é aquele que trabalha nas nossas casas ou apartamentos, quando é preciso instalar ou arrumar alguma fiação elétrica, ou implementar um sistema elétrico. Este tipo de eletricista, por exemplo, sabe instalar uma tomada ou um interruptor ao lado daquela máquina de lavar novinha, que acabou de chegar.

Além de fazer essas tarefas mais práticas, digamos assim, os eletricistas residenciais podem trabalhar em equipe, junto com engenheiros e arquitetos, para criar novos sistemas elétricos desde o planejamento no começo da obra. Neste caso, eles seriam responsáveis pelo desenho do projeto elétrico.

Sabe o que mais faz o eletricista predial/residencial?

  • Conhece os regulamentos locais e nacionais de segurança elétrica;
  • Elabora e entende de projetos elétricos; 
  • Instrui demais trabalhadores na parte elétrica da obra;
  • Instala e mantém a iluminação, fiação e demais sistemas elétricos residenciais;
  • Garante o funcionamento dos componentes elétricos;
  • Faz o diagnóstico e corrige os problemas nos sistemas elétricos;
  • Substitui os componentes elétricos, se houver necessidade.

Qual a diferença, então, entre os eletricistas residenciais dos comerciais? Bom, os eletricistas comerciais trabalham em obras muito maiores do que as residências. Por serem ambientes maiores, com circulação de mais gente, como prédios comerciais, shoppings, etc., requerem muita energia elétrica. Por isso, os eletricistas comerciais precisam passar por uma capacitação extra de aprendizagem em uma instituição reconhecida e com uma carga-horária determinada. Assim, são devidamente capacitados para exercer as devidas funções.

E o que faz um eletricista comercial? Assim como o eletricista residencial e qualquer outro tipo de eletricista qualificado, este profissional precisa conhecer os regulamentos de segurança elétrica, para saber o que pode ser feito. 

  • Além disso, o eletricista comercial:  
  • Entende de desenhos e planos técnicos;
  • Pode liderar equipes juniores, se experiente;
  • Instala e mantém a componentes elétricos e fiação, em edifícios comerciais;
  • Faz a inspeção dos sistemas elétricos para garantir que estão de acordo com regulamentos e segurança;
  • Faz o diagnóstico e corrige problemas de fiação e elétricos.

Geralmente, imaginamos o trabalho do eletricista como sendo bem mais simples, não é mesmo? Mas só pelo que você leu sobre as funções destes dois tipos de eletricistas, fica claro que o trabalho de um eletricista pode ser bem mais complexo.

A seguir, você vai conhecer os principais serviços prestados por eletricistas prediais/residenciais e comerciais e ter uma ideia da tabela de preços de um eletricista ou de quanto custa um eletricista por hora de trabalho. 

Principais serviços e orçamento de eletricistas

Nosso foco aqui é conhecer os serviços dos eletricistas que trabalham com instalações elétricas residenciais ou comerciais, pois são esses os profissionais que iremos buscar, caso tenhamos algum problema dessa ordem em casa ou em nossa sala comercial. 

Vamos compartilhar uma lista dos serviços mais procurados e uma média do valor cobrado pelo eletricista para resolver o que foi solicitado. Vale frisar que o orçamento do eletricista vai depender de vários fatores, como:

  • Cidade em que atua;
  • Tipo de material a ser usado;
  • Potência do componente elétrico ou da rede;
  • Complexidade do trabalho;
  • Condições específicas;
  • Tempo de experiência do eletricista;
  • Tempo de duração do serviço, pois muitos eletricistas calculam o valor a ser cobrado por hora de trabalho, etc.

São tantas as variáveis porque também são inúmeros os tipos de serviços. 

No caso da instalação de um ar condicionado split, por exemplo, com a potência mais comum, entre 9.000 a 12.000 BTUs, que resfriam ou aquecem de maneira suficiente um ambiente, os seguintes fatores vão fazer diferença no valor da instalação:

  • Local de instalação do aparelho: ficará em qual andar? Precisará ser içado até lá por fora do prédio? O prédio está preparado para a instalação do ar condicionado ou o local exigirá reformas? Esses itens vão modificando o valor do serviço e do orçamento do eletricista.
  • Estação do ano: se o ar-condicionado for instalado no verão, o serviço provavelmente sairá mais caro, pois há mais gente, assim como você, desesperada por um ar fresco dentro de casa. Com mais demanda no mercado, os eletricistas valorizam mais sua mão de obra.

O mais importante é entrar em contato com um profissional de confiança e conversar com ele a respeito da demanda para negociar um valor que seja bom para ambas as partes. Mas para não chegar sem saber nada a respeito do serviço desejado, é bom ter uma ideia dos valores cobrados no mercado e ter um conhecimento mínimo do que esses dois tipos de eletricistas podem fazer, que é o que está sendo abordado aqui. 

Veja, a seguir, os tipos de serviços mais solicitados e o valor médio da tabela de preço do eletricista.

Serviços de instalação

  • Instalação elétrica completa (residencial): R$ 4.500,00
  • Instalação elétrica completa (comercial):  R$ 8.000,00
  • Instalação de quadro elétrico (18 disjuntores): R$ 1.200,00
  • Instalação de quadro elétrico com ligação dos circuitos (18 disjuntores): R$ 1.700,00
  • Instalação de tomada/interruptor: R$ 50,00
  • Instalação de ventilador: R$ 132,00
  • Instalação de ar condicionado Split (9.000 e 12.000 BTUs): R$ 600,00
  • Instalação de sensor de presença: R$ 42,00
  • Instalação de antena: R$ 216,00

Serviços de trocas

  • Troca de interruptor/tomada (unidade): R$ 30,00
  • Troca de tomada (de rede): R$ 60,00
  • Troca de aquecedor central: R$ 216,00
  • Troca de torneira elétrica: R$ 54,00
  • Troca de circuito de chuveiro: R$ 21,00
  • Troca de chuveiro estilo ducha (até 5500 watts): R$ 54,00
  • Troca de resistências de chuveiro (até 5500 watts):   R$ 34,00
  • Troca de chuveiro (acima de 5500 watts): R$ 144,00
  • Troca de lustre simples: R$ 78,00
  • Troca de lâmpada (altura média): R$ 18,00
  • Troca de lâmpada (altura acima de 5 metros): 42,00
  • Troca de disjuntor: R$ 42,00
  • Troca de campainha: R$ 42,00
  • Troca de interfone: R$ 144,00
  • Troca de vídeo porteiro: R$ 192,00

Outros serviços 

  • Ligação de banheira: R$ 300,00
  • Emissão de certificado de inspeção elétrica (residencial): R$ 800,00
  • Emissão de certificado de inspeção elétrica (comercial): R$ 1.100,00

Certificado de inspeção elétrica? O que é isso? Bom, este certificado deve ser solicitado depois do planejamento do sistema elétrico, pois este documento verifica se o sistema elétrico do seu imóvel, tanto residencial, quanto comercial, está funcionando de forma segura, correta e de acordo com as normas do seu município.  A emissão do certificado de inspeção elétrica só pode ser feita por um profissional que tenha autorização da prefeitura municipal. Esta é mais uma especificidade do eletricista. 

Dicas de como contratar um bom eletricista

Já deu para entender que os serviços de instalação elétrica não são tão simples assim e que é essencial contatar um profissional qualificado para garantir a segurança na construção, reforma ou manutenção de qualquer coisa que envolva a parte elétrica em sua casa ou em sua sala comercial. 

Mas, então, como encontrar esse profissional? Ou, ainda, como garantir que o eletricista realmente sabe o que está fazendo?

Veja algumas dicas:

  • Busque referências: fale com os amigos, conhecidos e familiares sobre todo o tipo de coisa. Pergunte a eles se conhecem bons eletricistas. As redes sociais também são excelentes locais para este tipo de recomendação. 
  • Pesquise em associações profissionais: outra maneira de pesquisar é nas associações de eletricistas. Entre em contato, diga o que você precisa e veja se eles podem recomendar alguém ou até mais de um. As associações garantem o comprometimento do profissional não só com seus pares, mas com a regulamentação, leis e ética da profissão, além de ser um espaço para que ele possa compartilhar e aperfeiçoar seu conhecimento e habilidades.
  • Faça contato com o profissional: você é livre para entrar em contato com quantos profissionais quiser, mas não deve ser sentir na obrigação de contratar qualquer um deles. O profissional respondeu suas perguntas de forma clara? Foi atencioso? Como foi o atendimento? Houve retorno? É importante levar isso em conta, porque é com esse profissional que você precisará contar.
  • Garantia do serviço: tão importante quanto a primeira impressão, um profissional que oferece garantia está deixando claro que é comprometido e que tem a competência para fazer o serviço.
  • Compra dos materiais: em muitos casos, o profissional prefere comprar o material por ter conhecimento da qualidade e eficiência do mesmo. De qualquer maneira, vale ficar atento ao que está sendo gasto e com o quê. Por isso, é importante estar por dentro de informações sobre o serviço solicitado e dos valores de mercado. Outra dica é pedir ao profissional apresentar as notas do que foi adquirido ou fazer mais de um orçamento para que você não precise gastar além do necessário. Transparência significa confiança.
  • Barato pode sair caro: assim como em relação ao item anterior, é preciso ficar alerta com um orçamento de eletricista muito abaixo do valor médio do mercado. O que pode acontecer é achar que o profissional tenha feito um excelente trabalho por um valor bem menor, mas descobrir, logo depois, que o problema não foi resolvido efetivamente. O mesmo vale para gambiarras. O serviço precisa ser feito por um profissional qualificado e, dependendo da complexidade e tipo de serviço, certificado. Fique de olho!

Percorremos um longo caminho. Você entendeu o que faz um eletricista, de maneira geral. Mas também pode ver que vários tipos de eletricistas atuam no mercado e que cada um deles é responsável por uma área específica. Por isso, é importante as capacitações de aprendizagem e as certificações para garantir que os serviços sejam realizados com segurança para o bem de todos. 

Você também leu sobre as diferenças entre os eletricistas prediais/residências e comerciais, que são os profissionais mais requisitados para os serviços que precisamos com bastante frequência. Conheceu quais são os serviços principais e a média de valor cobrado, conforme a tabela de preços de eletricistas. Por fim, leu sobre dicas para contratar um bom profissional que resolva o seu problema. 

Felizmente você não precisa ir muito longe para conseguir o que quer. Aqui no GetNinjas, existem muitos eletricistas qualificados e preparados para resolver o seu problema. Entre em contato!

Custos de Serviços

Encontre em todos os Estados

Encontre nas principais Cidades