Adestrador de Cães / Como adestrar meu cão?

Adestrador de Cães

Como adestrar meu cão?

Os benefícios do treinamento são muitos, desde melhorar a qualidade de vida do seu cão até manter a casa em ordem. Clique e confira algumas dicas para adestrá-lo.

O adestramento é uma prática de treinamento que aprimora o comportamento do cão, tornando-o mais obediente e comedido. Os benefícios deste treinamento são inúmeros pois o cãozinho, a partir da sua nova conduta, passa a participar muito mais da vida familiar, melhorando o convívio entre todos.

Embora algumas raças sejam consideradas mais fáceis de adestrar, como Border Collie, Poodle e Pastor Alemão, deve-se ressaltar que independente das diferenças de assimilação,o cachorro é, entre os animais domesticados, o mais dócil e o mais fácil de ser adestrado, independente da raça.

Antes de iniciar os exercícios de adestramento é importante ter em mente que somente depois de sucessivos erros é que o animal começará a associar os comandos às ações, ou seja, tal prática demanda tempo, esforço e paciência.

A ferramenta principal para auxiliar na aplicação dos comandos é a recompensa. Por meio dela o cãozinho fixará as instruções do seu dono. E não estamos falando apenas em biscoito animal! Elogios, carinhos e demonstrações de afetos funcionam muito bem como
incentivo também.

Senta – Com um biscoito na mão, à frente do cãozinho, faça um movimento direcionando-a para trás, por cima da cabeça do animal. Seguindo o biscoito com os olhos, logo o cão terá que se sentar, por uma questão prática. Quando isso acontecer, o biscoito
deve ser oferecido. Para que ele fixe este exercício à instrução de sentar, é necessário que paulatinamente, ao longo do tempo, o dono vá distanciando a mão com o biscoito do rosto do animal.

Fazer necessidades no lugar certo – Para o animal se acostumar a fazer as suas necessidades sempre no mesmo lugar é importante que se crie inicialmente uma rotina com os horários certos, quantas vezes ao dia for preciso. O dono deve acompanhar o cãozinho ao
local indicado e sempre recompensá-lo se ele tiver defecado no lugar adequado. Embora seja próprio do animal demarcar território com urina – o que facilita bastante o processo de ensino-, isso também demanda tempo, então, adestrar um filhote para este comando pode ser um pouco mais trabalhoso.

Fica – Com o cão à sua frente, sentado ou em pé, comece a se afastar dele gradualmente. Ao passo que o distanciamento acontece, repita constantemente a ordem “fica”, para que ele associe a ordem à ação. Com o tempo, certo de que o animal já é capaz de permanecer imóvel mesmo a uma distância razoável, repita o mesmo procedimento mudando de direções. O ponto delicado da operação é que o cão se sente ansioso durante o exercício e tende a correr rumo ao seu dono.

Por fim, deve-se sublinhar ainda que nenhuma forma de violência deve ser admitida no decorrer do adestramento, sob nenhuma hipótese. O bom resultado dos treinos depende exclusivamente do esforço e do carinho empenhado por ambas as partes. No GetNinjas você encontra ótimos adestradores de cães.