Nutricionista / Mitos e verdades sobre o azeite

Nutricionista

Mitos e verdades sobre o azeite

Existem vários mitos e verdades envolvendo o azeite, ele engorda? pode reduzir o colesterol? é mais saudável para fritar alimentos? Há quem evite o consumo do óleo extraído das azeitonas por considerar a gordura prejudicial para a saúde e apostem em seu consumo acreditando que ele faça bem à saúde. Confira algumas dicas do site […]

Existem vários mitos e verdades envolvendo o azeite, ele engorda? pode reduzir o colesterol? é mais saudável para fritar alimentos? Há quem evite o consumo do óleo extraído das azeitonas por considerar a gordura prejudicial para a saúde e apostem em seu consumo acreditando que ele faça bem à saúde. Confira algumas dicas do site da Sadia para utilizar esse alimento da forma correta e benéfica para o organismo:

3

Confira também: Alimentos que controlam o colesterol alto.

O azeite não deve ser usado em frituras.

Verdade. Quando aquecido acima de 180ºC por um longo período, ocorre a modificação química das gorduras benéficas que compõem o azeite, fazendo com que não sejam mais consideradas boas para o consumo. Além disso, com o superaquecimento, ocorre a formação de substâncias tóxicas que irritam a mucosa do estômago. Assim, na hora de preparar a comida, procure apenas aquecer rapidamente o azeite e não o reaproveite. Prefira por colocá-lo no final do preparo.

Posso consumir azeite à vontade, pois sua gordura faz bem à saúde.

Mito. Apesar de a gordura do azeite ser benéfica à saúde, assim como a dos outros tipos de óleos, ela também contém calorias, e, portanto, o produto deve ser consumido com moderação. Recomenda-se o consumo máximo diário de 1 porção de alimentos do grupo dos óleos e gorduras, o que equivale a 1 colher de sopa de azeite, que contém aproximadamente 70 calorias.

 O azeite é saudável.

Verdade. Desde que consumido de forma moderada, ele traz benefícios ao organismo. O azeite é rico em gordura monoinsaturada, que ajuda a manter os níveis de colesterol total dentro dos limites normais e aumentar o colesterol bom (HDL) no sangue, contribuindo assim para a prevenção de doenças do coração, como o infarto. Além disso, estudos científicos têm sugerido que o consumo de azeite extravirgem, por conter grande quantidade de substâncias antioxidantes, pode ajudar na prevenção de alguns tipos de câncer.

O azeite de dendê tem as mesmas propriedades do azeite de oliva.

Mito. Eles são totalmente diferentes, tanto em relação aos benefícios para a saúde, como no sabor e na cor. O azeite de dendê possui mais gordura saturada, se comparado ao azeite de oliva. Essa gordura contribui para o aumento do colesterol ruim (LDL) no sangue. A única vantagem do tradicional ingrediente baiano, em relação ao azeite, é a quantidade maior de vitamina A, importante para a visão.

No GetNinjas você encontra nutricionistas, solicite um orçamento e receba o contato de até 7 profissionais na sua região.