Advogado / Como evitar reclamações de cães e gatos em condomínios?

Advogado

Como evitar reclamações de cães e gatos em condomínios?

Animais são uma das principais reclamações dos condomínios. Barulho, sujeira, perigo, vários são os problemas. Veja como evitar as reclamações.

Quem mora em condomínio sabe que as reclamações são muitas: barulho, mudança, crianças, divisão de contas, vaga de garagem e uma das campeãs: animais de estimação! Hoje em dia, são poucos os condomínios que proíbem que os moradores tenham seus bichinhos, mas os que permitem colocam várias regras para uma melhor convivência entre animais e humanos. Confira como evitar reclamações dos vizinhos por causa dos seus pets.

animais

O primeiro passo é o condomínio colocar no regulamento quais são as regras, por exemplo:

  • Cães não podem circular nas áreas comuns
  • Os animais devem ser levados no colo no elevadores
  • Animais bravos e/ou de grande porte devem estar na coleira
  • As necessidades do animal são responsabilidade dos seus donos

Outras regras que o síndico achar necessário podem ser incluídas. A questão dos latidos é muito relativa, mas se o seu cachorro late muito, vale a pena investir em um adestrador, principalmente se ele fica muito tempo sozinho em casa.

Quem tem gatinho em casa, é importante realizar a instalação de redes de segurança para evitar acidentes ou que os pets escapem para dar uma voltinha pelo condomínio. Quando problemas graves ou muitas reclamações começam a acontecer, uma assembléia deve ser realizada para encontrar soluções e um consenso.

animais 2

O ideal é que todo condomínio possua um advogado para resolver diversas questões e até ajudar na produção do regulamento. No GetNinjas você encontra advogados com diversas especialidades, solicite um orçamento e receba o contato de até 7 profissionais na sua região.