Aulas / Bateria: conheça as diferenças entre os pratos.

Aulas

Bateria: conheça as diferenças entre os pratos.

Quando o assunto é música, a bateria é um dos instrumentos de percussão que mais chamam atenção em uma apresentação. Composta por várias peças de timbres e tamanhos diferentes, o som produzido por ela está ligado diretamente ao design do prato. A forma como o prato é moldado, torneado e martelado influi nas suas características sonoras e no resultado final. Conheça como cada prato é utilizado.

Prato ou címbalo é o nome genérico atribuído a vários instrumentos musicais de percussão. Os pratos são construídos a partir de uma liga de metal, geralmente feita de latão ou bronze, existem também as feitas de ouro e prata. A percussão pode ser feita utilizando as baquetas ou golpeando cada um dos pratos um contra o outro, nesse caso pode-se deixar a vibração livre ou ainda abafando a vibração imediatamente após o impacto, de acordo com o efeito desejado.

Antigamente os pratos não tinham uma função especializada. Um mesmo prato era utilizado para atacar e conduzir, não existia distinção. Depois, com o tempo, foram desenvolvendo novas tecnologias que permitiam projetar um prato para uma sonoridade com função mais estrita e específica. Ou seja, tratando-se de tipos de pratos, estamos, na verdade, falando sobre para quais funções aquele prato foi desenvolvido dentro do kit.

Existem inúmeras marcas, tamanhos, espessuras e tipos, mas há seis modelos principais e indispensáveis em uma bateria musical: Prato de ataque (ou crash), prato de corte (ou splash), prato de condução (ou ride), prato de choque ou chimbal (ou hi-hat) e o prato chinês (ou china). Confira a seguir suas funções:

Prato de ataque (ou crash)
É usado para acentuações de início e fim de compasso com bastante volume. Ou seja, você utiliza para dar ritmo. Suas características principais são a de um som explosivo, que tenha ataque rápido e um sustain prolongado com volume. As medidas mais utilizadas nos crashes vão de 14” a 19”. Porém existem crashes de até 21”.

Crash

Prato de corte (ou splash)
Usados para acentuações leves e efeitos com pouco volume. O splash é um prato de efeito derivado do crash. Alguns músicos sentiram necessidade de um som de crash com menos volume e mais ataque e menos sustain que os crashes convencionais.

Splash

Prato de condução (ou ride)
Utilizado para a marcação do compasso e condução da música. É o prato utilizado para conduzir o groove. Condução é a parte do groove que segue continuamente e serve como uma base para se colocar as batidas acentuadas. Os tamanhos de rides mais utilizados estão entre 18” e 22”, porém existem outros. A grande superfície permite que sejam exploradas diversas regiões do prato, com resultados sonoros bastante diversos. E ainda temos os chamados “Crash-Rides” que são pratos com características intermediárias entre o Crash e o Ride, que possibilita seu uso tanto para condução como para ataque.

Condução

Prato de choque ou chimbal (ou hi-hat)
É usado para marcação do compasso e condução da música. Este prato é usado para definir o par de pratos montados em uma estante especial, chamada de máquina de chimbal, que permite que os pratos sejam tocados um contra o outro através de um pedal. É mais utilizado para condução, usando os pratos em posição “fechada” (pedal acionado) e tocados com a baqueta. Isso gera um som com um ataque muito bem definido e com um sustain muito curto, ideal para condução de ritmos mais modernos.

Choque

Prato chinês (ou china)
São pratos usados para efeitos de destaque em certas ocasiões. O prato china (pronuncia-se “tcháina”) possui um timbre diferenciado, com predominância de som na faixa dos médios agudos, utilizado a gosto do instrumentista para efeitos e destaques nas músicas. São facilmente identificáveis pelo seu bordo recurvado para o exterior.

China

 

DICA: Quanto maior o prato, maior será o seu volume.

Agora você já sabe o básico sobre baterias, que tal começar a treinar e conhecer melhor o instrumento? No GetNinjas você encontra professores de música para aprender a tocar bateria e ter um bom desenvolvimento e aprendizado com o instrumento. Peça agora um orçamento e receba até 7 profissionais na sua região.