Aulas / Enem: dicas de redação

Aulas

Enem: dicas de redação

Vai fazer o ENEM esse ano? Confira algumas dicas para ir bem na redação.

Está chegando mais um edição do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), uma prova realizada todo ano pelo Ministério da Educação do Brasil, desde 1998. Além de der utilizado para avaliar a qualidade do ensino médio no país, o exame também serve para aprovação em diversas universidades públicas do Brasil, e mais recentemente, até para algumas universidades de Portugal. Dependendo da sua pontuação, também é possível ganhar bolsas de estudo em diversas faculdades particulares.

enem

É claro a importância do exame para os alunos que estão para terminar o ensino médio ou mesmo para quem quer ingressar na faculdade, após um tempo sem estudar. A prova abarca todas as matérias do ensino médio, divididas em quatros blocos: Ciências da Natureza e suas tecnologias (Biologia, Física e Química), Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia), Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua portuguesa, Literatura, Língua estrangeira – Espanhol ou Inglês -, Artes, Educação Física e Tecnologias da informação e Comunicação) e Matemática e suas Tecnologias (Matemática).

Somado a esses quatro grandes “blocos”, realizados em dois dias, também há a redação, que vale até mil pontos e tem grande peso na nota final do exame. A correção da redação considera todos os fatores textuais, desde a gramática, até os fatores internos do texto, como a construção, estruturação (Introdução, desenvolvimento e conclusão), a qualidade dos argumentos, a não fuga do tema proposto, a presença de uma solução concisa e criativa para o problema apresentado, etc.

A redação do Enem exige uma estrutura dissertativa – argumentativa, ter um máximo de 30 linhas, além de um texto coerente com o tema. Para a prova é estipulado o tempo médio de 1h30min. Os temas são sempre atuais e considerados relevantes para a sociedade brasileira.

Portanto, para fazer uma redação concisa e garantir uma boa nota, é necessário estar preparado de diversas formas, confira algumas dicas:

  • Esteja sempre ligado às últimas notícias no país e do mundo (de cunho político, ambiental, social e por aí vai).

  • Saiba refletir sobre os temas, não adianta ser imparcial, na hora de construir seus argumentos você precisará assumir um ‘lado’ e argumentar em cima da sua escolha e reflexão.

  • Treine fazendo redações antes do exame e atente para estruturação das mesmas: o funcionamento interno do texto, deve introduzir o assunto tratado, apresentar argumentos, desenvolver e levar a uma solução que arremate o texto e justifique de certa forma seus argumentos, para que dessa forma você possa concluir o texto de forma que reforce o que foi tratado e “amarre o texto”.

  • Trabalhar com três argumentos, pode ser uma boa quantidade, geralmente quando chegar ao terceiro argumento, ele começa a ser mais criativo e menos fora do senso comum.

  • Os avaliadores também observam se você se pautou muito em cima dos textos de apoio. É um ponto negativo se apoiar demais nos textos de apoio, pois não demonstra conhecimento no assunto, é sempre bom trazer novas perspectivas sobre o tema.

  • Também é avaliado se o candidato trabalha apenas com argumentos e soluções óbvias. Por isso, é importante a reflexão antes de iniciar o texto, para fugir do senso comum ou imediatismo.

  • A redação será zerada se fugir do tema proposto, portanto, é de suma importância manter uma linha de raciocínio que perpasse todo o texto e não fuja do tema.

  • Por último, mas não menos importante, atente para as regras gramaticais que também são avaliadas.

E para encontrar um professor que te ajude nas dúvidas quanto a redação (e também nas outras matérias que são exigidas no exame), aqui no GetNinjas você encontra aulas para reforço. Solicite um orçamento e receba o contato de até 7 profissionais da sua região.