Dicas de como contratar diarista para escritório

Para contratar uma diarista para o escritório o ideal é pensar no seu espaço: ele é grande? Abriga muitas pessoas? Áreas comuns, como banheiros e copa, são utilizadas por muitas pessoas?

Se você tiver clareza nessas respostas, conseguirá definir melhor sua necessidade quanto a uma diarista. Espaços muito grandes e com muitas pessoas necessitam de faxina diária para se manterem limpos e agradáveis. Já espaços menores, escritórios com menos funcionários, podem ser mantidos com limpezas mais pesadas de uma a duas vezes por semana, por exemplo. Nesse caso, uma diarista vai bem.

Para contratar uma diarista para um escritório, o processo é muito parecido com o residencial. Primeiro, selecione algumas candidatas. Depois, faça entrevistas. Na conversa, mostre a necessidade do seu escritório, como quantidade de mesas, banheiros, copa. Coloque também as regras daquele espaço quanto a barulho, horário, circulação – afinal, diferente da casa, os espaços comerciais, sobretudo os compartilhados, muitas vezes são mais restritivos quanto a roupas e hábitos como ouvir música.

Combine também com a diarista os dias que precisa da faxina e os serviços que deseja. Tenha sempre em mãos os contatos da pessoa que vai contratar, como telefone e endereço. Quanto ao valor que será pago, também há flexibilidade. Tudo deve ser combinado no momento da contratação, não se esqueça!


Ah, e é sempre bom dar aquela olhadinha nas redes sociais para ver se sua candidata tem mesmo o perfil que você busca. Checar nunca é demais!

Conheça os serviços que uma diarista realiza no escritório Diarista para espaço comercial é opção para diferentes casos

A rotina de um escritório pode variar muito, seja em razão de grandes reuniões, de eventos corporativos ou até mesmo com a visita de clientes que precisam de uma atenção especial. Por se tratar de casos isolados, na maioria das vezes a presença de uma diarista contratada especialmente para cuidar da demanda é a melhor opção. Confira:

- Limpeza comum: essa é a limpeza do cotidiano, quando nada foge ao normal. A diarista chega ao escritório já sabendo mais ou menos o que precisa fazer, podendo alterar conforme o dia. Banheiro, copa, mesas, lixos, vidros e chão são alguns dos itens que ela sempre irá limpar e ficar de olho para que tudo esteja em perfeitas condições.

- Limpeza pesada: como nas nossas casas, nos escritórios também é preciso dedicar um dia para as limpezas pesadas. Espaços comerciais amplos vão sempre precisar de mais atenção, seja para um produto especial no piso ou no carpete ou para os lustres mais altos. Escolher uma data para realizar serviços pesados é importante, pois já deixa a diarista em alerta e também permite programar um (ou mais) ajudante.

- Limpeza pós-mudança: para empresas que estão de escritório novo, nada melhor do que uma bela faxina antes de iniciar as atividades. Com uma equipe de diaristas, é possível fazer uma limpeza profunda e ainda organizar o escritório – eliminar objetos que sobraram da mudança e posicionar caixas que ficaram fora do lugar, por exemplo. No caso da empregada, esse serviço estaria configurado como hora extra, portanto, mais caro.

- Limpeza pós-eventos corporativos: os eventos são cada vez mais importantes para uma empresa. Eles aproximam clientes e unem as equipes, mas costumam gerar bastante bagunça. Isso não quer dizer que devem ser evitados, pelo contrário: devem ser bem planejados, tanto o durante quanto o pós. No pós, uma diarista (ou uma equipe) para cuidar da limpeza assim que o evento terminar é fundamental. Isso garantirá que o escritório estará impecável no dia seguinte. No caso da empregada, esse serviço também estaria configurado como hora extra.

Fique atento aos direitos jurídicos da diarista Siga sempre a lei para contratar uma Diarista para espaço comercial

Já há alguns anos o trabalho doméstico foi regulamento. Com isso, empregados que possuem rotina, frequência e cumprem horário em único local, seja comercial ou residencial, têm direito a um contrato CLT. Se você tem um empregado nessas condições, mas não o registrou por acreditar que ele seja um diarista, é melhor rever essa situação.

O diarista, por lei, é o prestador de serviço informal, cuja jornada de trabalho é flexível.

Se você precisa que um funcionário esteja todo dia no seu escritório, seja para uma arrumação geral ou para uma limpeza mais pesada, isso já configura vínculo empregatício. Nesse caso, seu profissional terá direito a férias remuneradas e 13º salário, entre outros benefícios da CLT.