Meus Serviços

  • Bandas e cantores
  • Eventos
  • Bandas e Cantores
O show é um retrato da vida que Rodrigo Drade viveu e ouviu Criado na MPB, neto, filho e sobrinho de músicos, cantores e interpretes Rodrigo Drade escreveu um repertório extremamente coerente com sua trajetória, passeando pelo swing e sincopa única que emprega com maestria na interpretação de deliciosos samba-jazz, herança de sua passagem pelos bailes de gafieira ainda adolescente. O show também conta com músicas de sua autoria como o samba "La Perdi" e o tango "Jamais Pensei" que são muito bem amarradas a clássicos que dessa vez ganham novas roupagens como "bloco do prazer" do Moraes Moreira, e "Cavalo Ferro" do Fagner, que ganha uma cara extremamente original e faz os espectadores mais novos acreditarem que a canção é autoral. Dono de um timbre raro Rodrigo Drade nasceu em uma família que já vivia de música a três gerações. Aos 10 anos já fazia participações nos shows da família, gravava jingles comerciais, backing vocal de músicas infantis sob a batuta de produtores musicais como Bira Hawai e Dalmo Belloti. Aos 14 mentia a idade para cantar em bandas de baile e aos 16 anos se orgulhava ao dizer que tinha 6 anos de carreira arrancando gargalhadas da plateia. Nessa mesma fase Rodrigo Drade aumentava seus conhecimentos interagindo também com a interpretação em espetáculos de teatro musical o que fez aumentar ainda mais sua capacidade como interprete. Rodrigo Drade trabalhou com produtores e músicos renomados como Leonardo Fernades, Arthur Maia, Hamilton de Holanda, dentre outros. Fez backing vocal para o grupo Araketu, Grupo Molejo, Martinalia, dentre outros. "Alma Trama" é o retrato sonoro da vida que eu ouvi de sua raiz. Por isso fala de alma. O resto do enredo vem da vida... das aventuras, das audácias, dos erros, das tramas..." Rodrigo Drade.

Recomendações

Contratou este profissional? Conte como foi sua experiência!

Avaliar ›

Região Atendida